Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Risco de falta de água e queimadas é iminente em Roraima, diz geólogo

Caso não se tomem medidas para a gestão dos recursos hídricos de Roraima, o estado corre o risco de falta de água e queimadas, segundo avaliou o geólogo Vladmir de Souza em entrevista à Rede Amazônica Roraima na terça-feira (3). Conforme o especialista, para evitar isso, as autoridades devem se atentar para a proteção das matas ciliares e bacias hidrográficas.


Para exemplificar a situação da estiagem em Roraima, o geólogo cita a situação de dois rios do estado: Arraia e Tacutu, no município de Bonfim, que estão com níveis críticos na quantidade de água. Ele frisou que se não houver gestão e preocupação com os reservatórios de água, o estado corre o risco de sofrer com escassez de água como os estados do Sudeste.

“Não podemos descartar a hipótese de atravessar uma crise hídrica, como a de São Paulo, Minas e Rio de Janeiro”, destacou Souza, acrescentando que, como os rios do estado são planos e tem a vazão reduzida, devem ser protegidos a partir das nascentes. “Os focos de atenção devem ser as bacias”.

Ainda segundo o geólogo, para evitar secas e queimadas, o poder público deve investir em tecnologia para gerir o potencial hídrico da região. “Dessa forma, poderemos nos antecipar às secas e queimadas que podem afetar o estado no futuro”, encerrou. 

Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros