Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

terça-feira, 7 de abril de 2015

Surto de superbactérias pode matar até 80 mil britânicos

Mais de 80 mil pessoas podem morrer em um único surto de infecção causada por uma nova geração de superbactérias, segundo um relatório oficial divulgado pelo governo britânico divulgado nesta segunda-feira.


No total, cerca de 20 mil poderia se infectar com uma única cepa da doença resistente aos antibióticos, de acordo com as previsões oficiais que revelam o número de vítimas em potencial, pela primeira vez. Dentro de 20 anos, os surtos de gripe comum pode se tornar “graves” para os pacientes se as drogas se tornarem inúteis e as cirurgias tenham que ser reduzidas devido ao risco de infecção.

Os cientistas estão preocupados com o impacto da resistência antimicrobiana, que faz com que as drogas antivirais e antibióticas contra doenças sejam ineficientes e gere consequências sem controle. Isso significaria que os enormes progressos alcançados desde a descoberta da penicilina que contribuam para conter doenças tais como pneumonia e tuberculose e cirurgia poderiam ser perdidos.

O premiê britânico David Cameron alertou que tal cenário nos lançaria “novamente na idade das trevas da medicina”.

Os novos dados são do Cadastro Nacional de Risco e Emergências Civis, um documento compilado pelo Gabinete do Governo, que avalia os desafios causados pelo terrorismo, doenças, desastres naturais e conflitos industriais.

As superbactérias são resistentes aos medicamentos antibióticos, especialmente aos mais tradicionais. A maioria surgiu em função do uso de antibióticos de forma incorreta, indiscriminada ou sem prescrição e acompanhamento de um médico. 

Fonte: Terra

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros