Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Campinas/SP chega a 26,3 mil casos de dengue, aponta vigilância estadual

O número de casos de dengue em Campinas (SP) chegou a 26.330, segundo informações do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) estadual. Na semana passada, a prefeitura não divulgou dados atualizados sobre a epidemia. O mais recente balanço da Secretaria Municipal de Saúde apontava 22.544 registros da doença até 13 de abril.


Segundo a assessoria de imprensa da Saúde, as informações, como possíveis confirmações de novas mortes causadas pela dengue, devem ser divulgadas no decorrer desta semana. O município tem quatro óbitos atestados e outros cinco ainda aguardam resultados de exames.

Casos ‘importados’ – Os dados da vigilância estadual apontam que, entre os casos confirmados, 343 são de pessoas que foram infectadas em outras cidades, mas passaram por unidades de saúde de Campinas. Os números disponibilizados pelo CVE foram informados pelas secretarias municipais até 22 de abril.

O Ministério Público cobra da Prefeitura de Campinas medidas para o combate aos focos do mosquito transmissor, como a entrega de um mapeamento das áreas com degradação ambiental, incluindo cronograma para limpeza e recuperação.

O pedido faz parte do inquérito civil aberto em outubro de 2014, no qual a promotoria pediu rigor no combate à dengue e fez um alerta ao prefeito Jonas Donizette (PSB) em caso de “omissão” na execução das medidas preventivas.

Medidas antidengue – Para tentar suportar a demanda, a prefeitura montou alas especiais em unidades de saúde para atender pacientes com suspeita de dengue e também tornou a prevenção à doença um assunto de responsabilidade de diversas secretarias. O Exército e guardas municipais também passaram a atuar no combate aos focos do mosquito transmissor.

O município contratou ligações automáticas para dar dicas de prevenção aos moradores, passou a distribuir materiais pedagógicos em escolas da rede e faz nebulização de imóveis com apoio do estado. A Prefeitura ressaltou, ainda, que já removeu pelo menos 420 toneladas de entulho da cidade desde 2013 e citou a sanção da lei que obriga proprietários a manterem conservação de imóveis. 

Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros