Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Amazônia protegida atinge 97% da meta

O Comitê do Programa de Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa) aprovou a adesão de nove novas Unidades de Conservação, nesta terceira fase da iniciativa.


São seis milhões de hectares divididos em seis unidades federais (Reserva Biológica Nascentes da Serra do Cachimbo, Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns, Estação Ecológica Alto Maués, Parque Nacional Mapinguari, Reserva Biológica do Abufari e Parque Nacional Amazônia) e três estaduais (Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, Estação Ecológica Samuel e Parque Estadual Serra dos Reis).

A partir de agora, as nove Unidades de Conservação passam a integrar a rede de apoio do Arpa, que já soma 105 UCs. Com essa ampliação, a área total protegida pelo Programa chega a 58.296.056 de hectares. Esse dado corresponde a 97% da meta de 60 milhões de hectares protegidos na região Amazônica, número que deve ser atingido ainda no primeiro semestre de 2015, embora o objetivo fosse consolidar esta previsão apenas em 2019.

Cumplicidade - A primeira Reunião Extraordinária do Comitê do Programa Arpa de 2015 foi realizada em Manaus (AM) e teve a participação de representantes do Ministério do Meio Ambiente (MMA), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), e da sociedade civil, como a Fundação Vitória Amazônica, Grupo de Trabalho Amazônico, Conselho Nacional dos Seringueiros e SOS Amazônia, além da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema).

Durante a reunião do Comitê do Programa Arpa, foram ainda abordados a gestão das Unidades de Conservação estaduais do Amazonas, a visão do Comitê do Fundo de Transição referente à Fase III do Programa, os protocolo de monitoramento da biodiversidade e as demandas de avanço da iniciativa. 

Fonte: MMA

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros