Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Polícia argentina investiga morte de mais de 200 cães por envenenamento

Autoridades da província argentina de Córdoba investigam a morte de 200 cachorros e outros animais por envenenamento na cidade de Deán Funes, um estranho fato pelo qual seis pessoas já foram acusadas, cinco delas funcionárias municipais.
A morte dos cachorros, assim como de vários gatos e aves, foi causada por inseticidas de uso agropecuário, de acordo com o laboratório de Toxicologia do Ministério da Saúde de Córdoba.

Os seis acusados por suposta participação nos fatos, cujas identidades não foram reveladas, responderão por “dano reiterado e violação à denominada lei de Proteção Animal”, informou o promotor do caso, Eduardo Gómez.

A lei considera como atos cruéis “torturas ou causar sofrimento desnecessário aos animais, ou matá-los pelo espírito de perversidade”. Ainda não há uma data fixada para que os acusados prestem depoimento, mas enquanto isso “estão sendo ouvidas as testemunhas afetadas”, explicou Gómez, principalmente os donos dos animais de estimação mortos.

Ação organizada – Os envenenadores “teriam atuado de maneira organizada”, disse, embora ainda não se sabe o “porque e como fizeram e se alguém mais está por trás do fato”.

No registro dos imóveis de três dos acusados, a polícia de Córdoba encontrou luvas e frascos que continham inseticidas de diferentes marcas, mas quimicamente vinculados com os fatos investigados, explicou à agência oficial “Télam” Eusebio Villalba, chefe de polícia.

Também foi localizado um automóvel que os envenenadores teriam utilizado, embora isso ‘ainda esteja sujeito à investigação’, disse.

Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros