Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Projeto internacional busca desenvolver comportamento sustentável no consumidor

Foi lançado ontem (8), dentro da programação do evento internacional Sustainable Brands Rio, o projeto internacional EMERGING ECONOMIES CONSUMERS BEHAVIOR CHANGE. O trabalho é uma realização da Eight Sustainability Platform, em parceria com Futerra Sustainability Communications, Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), Instituto Akatu e Sustainable Brands. Ele constitui-se como uma iniciativa de construção de conhecimento e ferramentas que possam ser empregadas pelas empresas para influência no comportamento do consumidor para um consumo e estilos de vida sustentáveis, em mercados emergentes como Brasil, África do Sul, Índia e China. O escopo 1, em 2013, começa pelo mercado brasileiro.
Patrocinado pelo Banco Itaú e apoiado pelas empresas Dow, Nestlé, Unilever, Invepar e Pepsico, o objetivo é trabalhar os desafios e oportunidades para as empresas Business to Consumers (B2C) em termos de proposição de valor, acesso a mercados e novos perfis de consumo, sustainable branding e relacionamento com os consumidores.

O projeto busca a construção de ferramentas que respondam como a inovação e instrumentos de influência no comportamento podem ser adaptadas para uma nova realidade do consumidor brasileiro e como as marcas, produtos, serviços e modelos de negócio podem ser trabalhadas para responder a esses desafios e oportunidades. Ele trará soluções para empresas B2C trabalharem no engajamento de seus consumidores em mudanças de hábitos de consumo e estilos de vida sustentáveis.

Segundo Pablo Barros, Idealizador do projeto e Fundador da Eight Sustainability Platform “A influência no comportamento dos indivíduos é, de tantas respostas a serem perseguidas no rumo atual de nossa sociedade, uma das poucas que são suficientemente fortes para enfrentar o tamanho dos desafios apresentados. Optamos por começar esse trabalho através da construção de ferramentas a serem utilizadas por empresas B2C pela força das marcas, escala e penetração que tais empresas possuem e pelo retorno positivo que as empresas e marcas podem ter através do engajamento de seus consumidores.”

Segundo Solitaire Townsend, Co-fundadora da Futerra, “a criação de estilos de vida sustentáveis é a melhor oportunidade de negócios do século 21. O Brasil deve estar no coração desse novo mercado. É possível dividir experiências de marcas globais e também descobrir comportamentos sustentáveis únicos para o Brasil.”

De acordo com Marina Grossi, presidente executiva do CEBDS, “o Brasil só será mais sustentável em 2050 se mudanças significativas forem feitas até 2020. Isso é o que atesta o Visão Brasil 2050, estudo prospectivo do CEBDS lançado na Rio+20 e que propõe uma nova agenda de negócios para o país. Dos nove pilares do Visão, o primeiro trata de Valores e Comportamento. Neste pilar, grandes transformações podem ser realizadas pelo setor empresarial por meio de ações de comunicação que influenciem e engajem as pessoas para a mudança de hábitos de consumo. Assim, a forma como cada um de nós pensa, consome, produz e descarta, fonte de informação do Behaviour Change, é tema importantíssimo de estudo e capaz de auxiliar a alavancar as mudanças necessárias para atingir os objetivos do Visão Brasil 2050, onde todos os brasileiros vivem bem e dentro dos limites do planeta e a cultura do consumismo é substituída pelos princípios do desenvolvimento sustentável e pelos fatores de sucesso e satisfação pessoal.”

Segundo KoAnn Skrzyniarz, CEO do Sustainable Brands, “as marcas tem um papel crítico no alinhamento entre os negócios e a sociedade. Desde 2004, o Sustainable Brands tem apoiado marcas globais na liderança em direção a um futuro sustentável. Entender como encorajar escolhas de consumo mais sustentáveis é crucial nesse percurso. Somos gratos em participar desse projeto e esperamos que ele traga contribuições e insights importantes nesse tema a serem compartilhados com o resto do mundo.”

Mais informações sobre o projeto e acesso ao White Paper em http://www.eightsustainability.com/#!mudanas-de-comportamento/cc4o

Fonte: Mercado Ético

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros