Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 27 de março de 2015

Estado começa a pagar por serviços ambientais

Muito aguardada, a remuneração pela preservação de florestas começa a se tornar realidade em Santa Catarina. O programa SC Rural vai assinar dia 31 de março, em Chapecó, e em 1º de abril, em Canoinhas, contratos com agricultores familiares que serão os primeiros beneficiários de Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA).


Selecionados pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma) e pela Epagri, os produtores receberão valores anuais de até R$ 350 por hectare preservado, limitados a uma área de até três hectares. As cifras são limitadas, mas além de um estímulo à preservação da natureza, representam um marco e uma esperança porque as famílias rurais são obrigadas a preservar pelo menos 20% da propriedade e não recebem nada em troca.

Segundo a Epagri, os agricultores familiares de Passos Maia, Nelson Jesus dos Santos, Vilmar dos Santos Nascimento e Adão Antônio de Sá; e Maria Goreti Schiessl, Dorival Schiessl e Lidia Schiessl, de Bela Vista do Toldo, têm suas propriedades localizadas em áreas dos corredores ecológicos Chapecó e Timbó, respectivamente. Eles serão os primeiros beneficiados com o pagamento de serviços ambientais. Esses dois corredores são os primeiros criados por decreto estadual da Região Sul e envolvem 34 municípios.

Correção em 26-03-2015

Por um equívoco, o nome do agricultor Adão Antônio de Sá havia ficado fora da lista dos beneficiados, e o do técnico agrícola Cezar Roberto Bevilaqua foi colocado no lugar. Fiz a devida alteração.

Fonte: Notícias do Dia

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros