Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

Caatinga paraibana pode ganhar nova unidade de conservação

O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres (Cemave) – centro especializado vinculado ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) localizado em Cabedelo (PB) – apresentou estudo sobre a Serra do Comissário, situada no sertão paraibano, que indica a região como área prioritária para conservação da caatinga. Segundo os dados do Ministério do Meio Ambiente (MMA), de 2004, existem 57 áreas consideradas prioritárias para a conservação da biodiversidade da caatinga no Brasil.

Trânsito barulhento pode aumentar risco de morte e AVC, diz estudo

A exposição a um tráfego particularmente barulhento aumenta ligeiramente o risco de morrer por doença cardiovascular, assim como o risco de ser hospitalizado por um acidente vascular cerebral (AVC), de acordo com um estudo publicado na revista “European Heart Journal”.

Respeitar os ecossistemas é crucial para o desenvolvimento sustentável

Até 2050, o mundo contará com nove bilhões de habitantes. Isso não significa apenas que haverá dois bilhões de bocas a mais para alimentar, mas também que essas bocas consumirão mais do que agora. Nos próximos 20 anos, por exemplo, calcula-se que três bilhões de pessoas se somarão à classe média, que atualmente é integrada por cerca de 1,8 bilhão de pessoas com um nível de renda que lhes permite aumentar seu consumo.

Desperdício de água no país equivale a seis Cantareiras, diz instituto

Além de despejar todo dia o equivalente a 5.000 piscinas de esgoto em seus rios, o Brasil desperdiça, por ano, um volume de água que corresponde a seis sistemas Cantareira. As comparações foram apresentadas, nesta quarta-feira (8), pelo presidente do Instituto Trata Brasil, Édison Carlos, em audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado.

Política de combate à desertificação é aprovada pelo Senado

O plenário do Senado aprovou na quarta-feira (8) o Projeto de Lei (PLS) 70/2007, que cria a Política Nacional de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca. O texto é um substitutivo da Câmara dos Deputados ao PLS 70/2007, do então senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) e foi aprovado na terça-feira (7) na Comissão de Meio Ambiente da Casa.

OMS diz que levará ‘muitos meses’ para colocar fim à epidemia de ebola

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta terça-feira (7) que “levará muitos meses de duro trabalho” para colocar fim à epidemia de ebola e eliminar o risco de propagação a outros países, depois que seu Comitê de Emergência aconselhou mantê-la como uma emergência de saúde de preocupação internacional.

Blocos exploratórios de petróleo e gás da 13ª Rodada impactam terras indígenas

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou, no último dia 12, o pré-edital da 13ª Rodada de Licitações de blocos para exploração e produção de petróleo e gás natural, prevista para acontecer no dia 07 de outubro deste ano.

Observatório do Clima defende investimentos em fontes renováveis de energia

O exemplo do governo da Noruega, que no mês passado anunciou retirada de investimentos do fundo soberano em empresas que têm parte significativa de seus ativos na exploração e queima de carvão, deveria ser seguido pelo Brasil, com maiores investimentos em fontes renováveis.

Nota Pública da ABRAMPA, sobre o projeto do Senado que prorroga prazo para fechamento dos lixões

A Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público de Meio Ambiente, entidade civil que congrega Promotores de Justiça e Procuradores da República com atuação na defesa jurídica do meio ambiente, vem à sociedade brasileira externar sérias preocupações com os efeitos jurídicos, sociais e econômicos da aprovação do projeto de lei nº425/2014 pelo Senado da República, o qual prorroga, principalmente, o prazo previsto no art.54 da Lei nº12.305/2010, para que os municípios implantem a disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos gerados em seu território.
terça-feira, 7 de julho de 2015

Justiça barra condomínio de luxo em área de proteção ambiental em SP

Após o flagrante de corte ilegal de árvores e a constatação de que há duas nascentes dentro do terreno onde é construído um condomínio de luxo na zona sul da capital paulista, o Tribunal de Justiça de São Paulo determinou a paralisação das obras.

Águas do rio Tietê voltam a escurecer e preocupam moradores em Salto/SP

As águas do rio Tietê, no trecho que passa pela cidade de Salto (SP), voltaram a apresentar coloração escura neste fim de semana. O rio ficou acinzentado entre sábado (4) e domingo (5). As frequentes mudanças na tonalidade do principal rio paulista preocupam os moradores, já que no ano passado, a água chegou a ficar preta.

Energia nuclear: quem ouve as advertências?

Demorou, mas aconteceu: também a energia nuclear no Brasil chegou ao centro do noticiário sobre escândalos de corrupção em projetos públicos (Lava Jato e outros): o empresário Ricardo Pessoa, da empreiteira UTC, diz que pagou R$ 1 milhão em propinas para que órgãos fiscalizadores liberassem licitação para obras na área da usina Angra III (Folha de S.Paulo, 27/6).

Das fotos com Obama à Amazônia em risco, artigo de Montserrat Martins

Manchete da semana: Obama e Dilma fazendo acordos para combate ao desmatamento. Obama já havia tratado com a China a redução de gases efeito estufa, quer que uma das marcas do governo dele seja a ambiental. A questão é: qual a seriedade do governo brasileiro no cumprimento dessas promessas?

United Airlines irá usar fezes de animais como combustível de seus aviões

A partir de agosto, os aviões da companhia aérea United Airlines irão voar usando combustível derivado de fezes e gordura animais. A iniciativa é parte de um esforço da United de reduzir a emissão de gases do efeito estufa produzidos durante a queima de combustível de suas aeronaves comerciais.

Venda de lâmpadas incandescentes proibida a partir de hoje

A partir desta quarta-feira (1), as lâmpadas incandescentes com potência de 60W vão sair de circulação. Agora é proibido produzir, importar e vender este tipo de lâmpada no Brasil. As multas para quem descumprir a regra variam de R$ 100 a R$ 1,5 milhão, segundo o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Um terço da população mundial não tem acesso a água tratada, diz ONU

Uma em cada três pessoas no mundo – cerca de 2,4 bilhões de indivíduos – ainda não têm acesso a serviços de saneamento básico e água potável, concluiu um levantamento global da Unicef e da World Health Organization (WHO) divulgado na última semana. No Brasil, as condições evoluíram bastante nos últimos 25 anos.

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros