Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

Saiba como foi criado o Dia Mundial da Água pela ONU

O Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas – ONU, através da resolução A/RES/47/193 de 21 de fevereiro de 1993, determinando que o dia 22 de março seria a data oficial para comemorar e realizar atividades de reflexão sobre o significado da água para a vida na Terra.

Trata Brasil quer tirar saneamento da invisibilidade no Norte e Nordeste

Lançado pelo Trata Brasil com apoio do Instituto Coca-Cola durante o 8º Fórum Mundial da Água, o estudo “Acesso à água nas regiões Norte e Nordeste do Brasil: desafios e perspectivas” foi coordenado por Alceu de Castro Galvão Júnior, engenheiro civil, mestre em saneamento e doutorado em Saúde Pública.

640 mil toneladas de redes de pesca vão parar nos oceanos todos os anos

Divulgado na última quinta-feira (8) pela World Animal Protection, relatório aponta que as 15 maiores empresas de pescado do mundo precisam promover ações para acabar com a pesca fantasma – que é aquela realizada por equipamentos de pesca abandonados, perdidos e descartados, também conhecidos como petrechos fantasmas.
quinta-feira, 22 de março de 2018

Especialista em ciências criminais critica proposta para endurecer regime aberto

O advogado criminalista Renato Vieira, diretor do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCrim), classificou como "irresponsável" a proposta que pretende substituir o regime aberto por medidas como serviços comunitários e uso da tornozeleira eletrônica para crimes hediondos e praticados por organizações criminosas.
quarta-feira, 21 de março de 2018

Com exigências do MP, cemitérios comunitários correm risco de fechar

Coordenadores de cemitérios comunitários e particulares de Joinville estão preocupados. Eles temem não conseguir cumprir a notificação do Ministério Público, que pede as licenças ambientais dos locais. E a consequência disso pode ser o fechamento dos espaços.

A cada R$ 1 gerado foram consumidos seis litros de água em 2015, no Brasil

Para cada R$ 1 gerado pela economia brasileira, em 2015, foram consumidos, em média, seis litros de água. Em função de atividades como a irrigação, o setor agropecuário foi o que teve a maior demanda hídrica na geração de renda: 91,58 litros de água para cada Real produzido. Nas Indústrias de transformação e construção, o consumo proporcional foi de 3,72 litros/R$ e nas Indústrias extrativas, 2,54 litros/R$.

Água é de boa qualidade em apenas 4% dos 294 pontos monitorados na Mata Atlântica

Um levantamento feito pela organização não governamental (ONG) SOS Mata Atlântica mostra que apenas 4,1% dos 294 pontos de coleta nos córregos lagos e rios da Mata Atlântica dispõem de água considerada de boa qualidade. Segundo a pesquisa, divulgada hoje (20), em 75,5% dos pontos de coleta (222), foi encontrada água em situação regular e, em 20,4% (60), ruim ou péssima.

Descongelamento do permafrost produz mais metano do que o anteriormente estimado

Com um teste de laboratório com duração de sete anos, uma equipe liderada por Christian Knoblauch do Universität Hamburg’s Center for Earth System Research and Sustainability (CEN) provou pela primeira vez que significativamente mais metano pode ser formado no descongelamento de solos de permafrost do que se supunha anteriormente.
terça-feira, 20 de março de 2018

Lucas: complexo industrial que emprega reeducandos é referência e estrutura será ampliada

A fábrica para produção de artefatos de cimento instalada no Centro de Detenção Provisória de Lucas do Rio Verde é referência de ressocialização no Brasil. Desde a sua inauguração, em 2014, mais de 50 reeducandos prestaram serviços no local e até hoje não houve nenhum caso de reincidência, conflito, fuga ou tentativa de fuga envolvendo os trabalhadores da fábrica.

Novas gavetas ampliam vagas em cemitérios municipais

Dois dos 10 cemitérios municipais receberam 224 novas gavetas. Deste total, de acordo com a assessoria da Secretaria de Ordem Pública (Semop), 128 vagas foram destinadas para a unidade de Brotas e 96, para a de Itapuã. Com a entrega das novas 216 gavetas previstas para o próximo mês na unidade de Plataforma, os cemitérios públicos da capital irão alcançar 2.315 mil vagas.

Desastres ambientais e mudanças climáticas marcam 1º dia do Fórum Mundial da Água

Os dois últimos grandes desastres ambientais brasileiros, da barragem de Mariana, em 2015, e o de Barcarena, no início de março, foram lembrados em, pelo menos, cinco painéis realizados nesta segunda-feira (19), primeiro dia de debates do Fórum Mundial da Água, em Brasília.

Quanto custa a água no Brasil?

Na comunidade rural onde Maria Conceição mora, no sertão de Pernambuco, caixa d’água cheia é luxo. Ainda sob o efeito da seca dos últimos anos e sem abastecimento de caminhão-pipa há três meses, os moradores recorreram a uma fonte clandestina: um canal da transposição do rio São Francisco que corre a poucos metros das casas.

Preservação da natureza é vital, diz ONU

Cada vez mais, os países terão que desenvolver novas formas de garantir um abastecimento seguro de água. E para o Relatório Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento dos Recursos Hídricos 2018, a saída não está só na construção de represas, estações de tratamento de água e esgoto e canais de irrigação de lavouras, mas também na preocupação de restauro e manutenção da natureza.

Escassez de água leva a migrações em diversos países

Estudos da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) mostram que a escassez de água e as secas recorrentes podem gerar fluxos migratórios. O estresse hídrico e a redução da produção agrícola estão levando a movimentos populacionais em diversos países, já que as populações saem em busca de melhores condições de vida.

50% das espécies das áreas mais naturais do mundo podem sumir até 2080

Até a metade das espécies de plantas e animais nas áreas mais naturais do mundo, como a Amazônia e as Galápagos, podem enfrentar a extinção local até a virada do século devido às mudanças climáticas caso as emissões de carbono continuem a subir sem controle.

Inglês cria roupa que cresce com as crianças

Usar a roupa uma vez na ocasião seguinte a peça já está perdida. Os pais de plantão entendem bem o sentido dessa frase. Comprar roupa para criança é algo tão necessário quanto fulgaz. Eles crescem muito rápido e logo as peças não servem e, foi pensando nesse drama comum, uma marca londrina criou uma linha de roupas que cresce junto ao pequeno.

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros