Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 5 de março de 2014

A bike deixou de ser moda, é tendência de mobilidade

Com o trânsito cada vez mais congestionado, emissão crescente de gases de efeito estufa, tempo maior para percorrer pequenas distâncias nas grandes e médias cidades brasileiras e que tiram nossa paciência – que já anda no limite, foram inspiração para o jovem empresário Cristian Trentin, de Curitiba (PR).


Em 2013, Cristian iniciou um empreendimento inovador e sustentável no segmento de entregas chamado Ecobike Courier. E já se tornou um sucesso. A novidade é que as bicicletas e ciclistas fazem as entregas, portanto, sem causar poluição atmosférica. A iniciativa do empresário caiu no gosto da mídia, que divulgou o negócio em larga escala, através de matérias e reportagens, em diversos veículos de comunicação do Paraná. O que acabou despertando o interesse de várias empresas em contratar o serviço e estimular o franqueamento da microempresa.

A sede da empresa fica na Co-Working Aldeia, espaço compartilhado por empreendimentos embrionários. A inspiração do modelo de negócio veio de Nova Iorque, onde existem mil empresas nesse ramo.

“Nosso serviço é parecido com o de motoboys, porém atuamos de acordo com os princípios da sustentabilidade”, garante o dono da Ecobike Courier. O nome, aliás, é uma expressão em inglês e francês que significa ‘entregas por bicicleta ecológica’.

O empresário de 27 anos, explica que o serviço prestado não concorre com as empresas que realizam entregas via motocicletas e que veio complementar esse segmento.

“Mil quilômetros rodados por uma motocicleta emitem 72 kg de gás carbônico, enquanto essa conta é zero para as bicicletas. O cálculo é feito com base em índice e metodologia ingleses”, informa Cristian.

Empresas que possuem política de sustentabilidade e buscam certificados sustentáveis apreciam a proposta do serviço e atendimento diferenciados. A Ecobike Courier atrai essa clientela.

Foi pensando no impacto ambiental que os veículos causam que o Hospital do Coração (HCor), de São Paulo, achou uma maneira de distribuir os exames que não foram retirados pelos pacientes até o mês de dezembro: são as entregas sustentáveis

As entregas são feitas pelos ciclistas uniformizados da Ecobike Courier sem nenhum custo para o paciente. Além de ser mais cômodo, o serviço também ameniza as filas de atendimento que eram comuns no HCor.

“O hospital está investindo em formas não poluentes de entrega. Estamos fazendo um ótimo trabalho e o retorno das pessoas tem sido satisfatório. Utilizamos um meio de transporte totalmente sustentável e que tem uma redução de custo de 30%”, diz Daniel Jones, representante da franquia em São Paulo.

Vantagem em duas rodas

Em termos de agilidade, os ciclistas podem ser até 50% mais rápidos do que os motociclistas, principalmente nas entregas feitas na região central de Curitiba. Em grandes distâncias, as bicicletas demoram mais, mas há clientes que preferem aguardar um pouco mais para não causar poluição.

“Não trabalhamos á noite. Nosso experiente encerra ás 18h”, esclarece o empresário. As entregas geralmente são de documentos. A empresa evita levar alimentos.

“Não trabalhamos à noite. Nosso experiente encerra às 18h”,esclarece o empresário. Geralmente as entregas são de documentos. A empresa evita levar alimentos. A empresa monitora o carbono, que evita com as entregas sustentáveis. Para estimular a equipe, treinamentos são feitos regularmente e os horários de aulas dos colaboradores – que em sua maioria são universitários – são compatibilizados com a jornada de trabalho. A meta é chegar a 20 ciclistas contratados, até o final deste ano. “Não é fácil trabalhar no frio e na chuva”, justifica.

O próximo passo será investir no sistema de microfranquia. A empresa já tem interessados no interior do Paraná. Cristian acredita que será possível montar 30 unidades em 18 meses em seu estado, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

“Queria qualidade de vida e estava cansado de TI. Meu foco hoje é a Ecobike”, enfatiza.

“Sou ciclista e entramos no mercado na hora certa. Há cada vez mais bicicletas nas ruas”, ressalta. Para começar a empresa de entregas sustentáveis, Cristian investiu R$ 50 mil.

Fonte: Mercado Ético

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros