Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Obras de despoluição da Ilha de Paquetá entram em fase de finalização

As obras de despoluição da Ilha de Paquetá, na Baía da Guanabara, entraram na fase de finalização. O anúncio foi feito nesta terça-feira (2) pela prefeitura do Rio de Janeiro. As obras, iniciadas em dezembro de 2013 pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), devem ser concluídas até o final deste ano e tem investimento de R$ 22 milhões para ampliação e recuperação do sistema de esgoto local. O projeto irá beneficiar cerca de 20 mil pessoas, entre moradores e visitantes.


A ilha, com aproximadamente 4.500 habitantes, recebeu obras de instalação de 9 mil metros de tubulação no fundo da Baía de Guanabara, que levará o esgoto da ilha para a Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de São Gonçalo e também a substituição de 870 metros de troncos coletores por tubos de concreto. As obras fazem parte do projeto Sena Limpa 2, do governo do estado, para melhoria das condições sanitárias das praias do Rio.

Segundo o presidente da Cedae, Wagner Victer, as obras também fazem parte do calendário de exigências do Comitê Olímpico Internacional (COI) para as Olimpíadas de 2016. “Com essa obra garantiremos que 100 litros de esgoto por segundo deixem de ser lançados nas águas da Baía de Guanabara sem tratamento. Este é mais um projeto do governo do estado que vai ao encontro dos compromissos firmados para os Jogos Olímpicos e também para a despoluição da Baía de Guanabara”

O bairro recebe quase 15 mil turistas por mês à procura de tranquilidade e contato com a natureza, pois o transporte dentro da cidade é feito apenas por bicicletas e charretes. As obras de despoluição também incluíram a construção de um cinturão ao redor da ilha, chamado “galeria de cintura”, para captar esgoto e sujeiras lançadas nas águas pluviais, como dejetos de animais. O objetivo é que as praias de Paquetá passem a ser liberadas para banho na maior parte do ano e não apenas em dias de tempo seco. 

Fonte: Agência Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros