Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

terça-feira, 8 de março de 2016

Deserto de Abu Dhabi ganha complexo que produz alimentos e biocombustível

As terras no centro de pesquisa são irrigadas com água do mar.


Abu Dhabi acaba de inaugurar o primeiro centro de pesquisa do mundo para a produção de alimentos e biocombustível em meio ao deserto. A estrutura é operada pelo Instituto Masdar e tem o propósito de desenvolver alternativas sustentáveis para a produção de energia, água e alimentos.

As terras no centro de pesquisa são irrigadas com água do mar. Mas, o processo de produção é muito mais complexo do que isso. O complexo utiliza o sistema de aquicultura para a produção. Isso significa que, ao mesmo tempo que as plantas são cultivadas, os pesquisadores criam peixes e camarões. O sistema também conta com reaproveitamento de águas residuais, usadas para fertilizam as plantas ricas em óleo, que depois são transformadas em biocombustíveis.

Antes que a água residual seja tratada e devolvida ao mar, ela passa por um último processo de reaproveitamento, em que é parcialmente desviada a um mangue, ajudando a fertilizar a área naturalmente. Depois disso, ela é tratada e canalizada ao oceano.

Os idealizadores do projeto estão muito otimistas quanto ao potencial de crescimento do sistema. “A instalação aquícola e da biomassa em Abu Dhabi possui tremendo potencial para transformar os 25,5 milhões de quilômetros quadrados de deserto e áreas áridas do mundo em terras produtivas, apoiando a segurança alimentar e deixando o céu mais limpo” opinou Marc Allen, presidente da Boeing, fabricante de aeronaves e uma das empresas parceiras no projeto.

O biocombustível produzido no centro de pesquisa deve ser destinado ao abastecimento de aeronaves, responsáveis por boa parte da poluição proveniente da queima de combustíveis fósseis.

Fonte: Ciclo Vivo

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros