Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Cemitérios municipais lotados impedem enterros em Campo Grande

Novos sepultamentos só em casos de famílias que já tenham túmulos e façam exumação ou encaminhados pela Assistência Social.


Enterrar um ente querido em qualquer um dos três cemitérios municipais de Campo Grande se tornou um problema. Isso porquê as unidades estão com lotação máxima, de acordo com a prefeitura da capital. Só no primeiro semestre foram mais de 900 enterros.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) afirma que estuda alternativas para aumentar espaço nos cemitérios. Uma das opções é alterar a legislação municipal para permitir mais exumações.

O cemitério Santo Antônio há muito tempo já não tem espaço. No cemitério Cruzeiro as vagas para adultos acabaram na sexta-feira (21) - restam algumas para crianças. No cemitério Santo Amaro a ocupação atinigu o limite na segunda-feira (24).

Novos enterros só estão sendo feitos em casos de famílias que já tenham túmulos e façam exumação ou que são encaminhados pela Assistência Social, que atende famílias com renda abaixo de meio salário mínimo.

"Para estes não faltam vagas desde que a gente preserve isso. Porque se continuasse da forma como estava sendo feito, até o final do ano nós não teríamos mais condições de atender os carentes sociais, justificou José Marcos da Fonseca, diretor da .

Por causa da difuculdade em conseguir fazer o sepultamento, alguns casos já chegaram à Defensoria Pública, mas como não há obrigação legal do município para garantir vagas a todos, a Justiça não tem liberado os enterros.

A Defensoria que acompanha os casos sugeriu ao município a construção de um crematório municipal. A prefeitura diz que está analisando.

Fonte: G1

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros