Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Canadá dá luz verde a polêmico oleoduto entre Alberta e Pacífico

O governo canadense deu luz verde, nesta terça-feira, à construção de um controverso oleoduto, um dos maiores do mundo, depois de que Washington se mostrou reticente a construir outro.


O projeto do oleoduto Northern Gateway, avaliado em 7,9 bilhões de dólares canadenses (mais de 7,274 bilhões de dólares americanos), deve levar petróleo das areias betuminosas de Alberta até a província da Columbia Britânica, na costa do Pacífico.

Está previsto que o duplo oleoduto, que deve operar a partir de 2017, transportará 525.000 barris de petróleo por dia ao longo de 1.177 quilômetros, em uma região de selva e montanhas, onde abundam rios salpicados de salmões.

Desta forma, o governo dá um sinal favorável às empresas petroleiras para extrair de Alberta seu petróleo. Em abril, o governo americano decidiu adiar a decisão de aprovar a construção do oleoduto Keystone XL, que devia ligar o oeste do Canadá ao Golfo do México.

O premier canadense, o conservador Stephen Harper, seguiu as recomendações de uma comissão que, em dezembro, tinha proposto que o governo desse luz verde ao oleoduto caso fossem cumpridas 209 condições, principalmente relacionadas ao meio ambiente, como o desenvolvimento de um plano para proteger mamíferos marinhos ou outro para restaurar o habitat do caribu das florestas.

O projeto é contestado por grupos ambientalistas e povos indígenas que temem que um vazamento polua os rios e o habitat do raro urso de Kermode.

O Novo Partido Democrata (NPD), o principal partido da oposição, prometeu anular o projeto caso vença as eleições legislativas no país, dentro de um ano. 

Fonte: Terra

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros