Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

terça-feira, 19 de abril de 2016

NY ganha floresta flutuante que produzirá alimentos grátis à população

O complexo contará com mais de 80 tipos de alimentos, além de espaços diversas atividades culturais.


A cidade de Nova York está prestes a receber um modelo bem diferente de área produtivs. Ao invés de usar a terra como espaço para o plantio, a artista norte-americana Mary Mattingly, desenvolveu uma verdadeira floresta urbana flutuante.

A estrutura será instalada no rio Hudson, na região do Brooklyn. Apelidado de Swale, o projeto não está apenas ligado ao design e arquitetura. A ideia foi desenvolvida com o intuito de chamar a atenção da população e das autoridades para a produção de alimentos gratuitos em meio urbano.

“Nós gostaríamos de questionar se a comida saudável grátis poderia ser um serviço público, ao invés de ser uma commodity extremamente cara”, explicou Mary, em declaração à imprensa local.

A floresta chega ao rio Hudson em junho deste ano. O complexo contará com mais de 80 tipos de alimentos, além de espaços para apresentações musicais e outras atividades culturais.

A técnica usada no sistema que aproveita a água do rio para conservar o solo. Assim, o Swale usa uma base de vegetação própria de áreas úmidas, capaz de sugar os recursos do rio, filtrá-los e fornecer água para alimentar as outras plantas.

A escolha por um modelo de floresta produtiva deu-se pela maior facilidade em termos de manutenção em relação às hortas tradicionais, que precisam ser replantadas constantemente. De acordo com a artista, este formato foi pensado porque a vegetação consegue se manter praticamente sozinha, tornando-o ideal para ser replicado em áreas públicas.

O Swale estará aberto gratuitamente ao público, que será levado ao local em uma balsa e poderá colher qualquer alimento sem custo algum. “Nós vemos isso como um passo adiante em termos de mudanças na política da cidade, onde na maior parte das áreas públicas ainda é ilegal produzir livremente alimentos”, finaliza a criadora do projeto.

Fonte: Ciclo Vivo

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros