Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Ikigai – A razão de ser e viver

O Japão é um país que vive em completa harmonia com a sua cultura, buscando viver os ensinamentos dos antepassados na rotina profissional e pessoal. É evidente que a maneira como passam seus dias os tornam mais sábios e felizes. Mas você já ouviu falar em Ikigai?

Nativo da ilha Okinawa, localizada no sul do Japão, Iki significa vida e Kai são realizações de desejos e expectativas. Ikigai é uma filosofia de vida praticada pelos moradores do arquipélago Ryukyu, onde vivem de forma singular com o objetivo de encontrar a “razão de ser” e o motivo pelo qual acordam todas as manhãs. Uma filosofia de vida tão positiva que esses moradores vivem até 100 anos com uma vitalidade de dar inveja!

Os japoneses acreditam que todos têm um ikigai, e para descobrir qual é o seu requer uma busca profunda e extensa de si mesmo. Essa busca é muito importante porque a partir dela é possível trazer satisfação e um significado real para a sua vida.

Esse estilo de vida ajuda a equilibrar a harmonia, longevidade e satisfação plena em diferentes áreas da vida, com o objetivo de alcançar a razão de ser e/ou o propósito para a sua existência.
Você tem esse desejo de entender a sua razão? Esse sentido pode estar inteiramente ligado ao entendimento de quem você é! Como crenças, relacionamentos, cultura e formação, é ligado também ao que você faz, profissão, vocação, trabalho e lazer.

A razão de ser não estará completa se você não encontrar concordância entre o que você é e o que você faz. Vivemos em um mundo que apresenta uma correlação entre o ser humano e seu trabalho.

A infelicidade das pessoas no seu profissional é algo muito presente, o Ikigai auxilia nessa compreensão com 4 aspectos que tem como finalidade trazer uma visão mais humana e não alienação. A filosofia não é uma determinação e sim uma “desalienação” com o propósito de encontrar o sentido e satisfação naquilo que fazemos.
Confira as 4 áreas do Ikigai completo, como sugerem os sites especialistas para que você entenda.

Viver em Ikigai significa atingir o epicentro destas quatro áreas:

O QUE EU AMO FAZER – Todo processo transformador e a realização do potencial humano se inicia no entendimento desta questão: - o que eu amo fazer? É no cerne desta questão que encontraremos o que, para a filosofia e metodologia, o IKIGAI se traduz por MOTIVAÇÃO PROFUNDA. A palavra motivação tem origem em “MOTIVO PARA A AÇÃO”.
Logo, fica evidenciado que sem saber qual é o nosso MOTO (aquilo que nos coloca em movimento) dificilmente encontraremos motivação profunda para realizar algo com EXCELÊNCIA, pagando o preço do investimento que este projeto demanda.

O QUE EU POSSO FAZER BEM FEITO – Este é o ponto que surge de nosso compromisso com a EXCELÊNCIA, pois apenas “amar” uma atividade não é o suficiente para determinar que seremos referência no que realizamos. “Ser referência” na visão IKIGAI tem pouco a ver com “reconhecimento exterior” (sucesso), mas está diretamente relacionada com sentido de propósito e missão, fator aqui denominado de GRANDEZA.

O QUE POSSO SER PAGO PARA FAZER – Quando amamos o que fazemos e nos dedicamos a fazer bem feito, para ser um trabalho (de outra forma é hobby) é necessário que consigamos encontrar um plano que defina nossa expectativa de remuneração (muito ou pouco), nossa aderência ao risco (segurança ou risco) e um projeto para atingir este fim. Muitas pessoas acham que fazer o que se ama (SEGUIR O CORAÇÃO) pode significar que não vão ganhar dinheiro. Mas este não é um raciocínio lógico ou válido. Na visão IKIGAI, para se ganhar dinheiro preservando a felicidade é preciso fazer o que se ama e de forma bem feita. Porém, faz-se necessária a criação de um projeto que transforme esta competência em RESULTADO FINANCEIRO EFETIVO. Crença limitante: fazer o que gosta OU ganhar dinheiro? Crença IKIGAI: amar o que faz, fazer bem feito E aprender a capitalizar este talento.

O QUE É BOM PARA O MUNDO – Uma vida significativa (já comprovado por diversas teorias) perpassa pelo sentido de que o que realizamos causa resultados positivos para o mundo (leia-se, aqueles que nos cercam ou que de alguma forma são impactados por nossas ações). Então, na filosofia IKIGAI, isso não precisa necessariamente estar associado com “causas sociais ou ambientais”. Refere-se sim ao sentido profundo de AÇÃO ALTRUÍSTA e RESULTADOS POSITIVOS de nosso trabalho ou atitudes.

Toda pessoa que tem clara percepção de que seu trabalho não é apenas “um meio para ganhar dinheiro” tem muito maior facilidade de se destacar, mas também de encontrar satisfação e motivação profunda no que realiza.

Muitas universidades pelo mundo realizam pesquisas para entender essa maneira de viver por todos os benefícios proporcionados, a fim de replicar com base na filosofia de vida Ikigai.

Fonte: Parque da Colina de Águas Mornas

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros