Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Uso e ocupação do solo será monitorado por satélite em São José dos Campos

A Prefeitura de São José dos Campos fará o monitoramento de áreas irregulares e ambiental por satélite de sensoriamento remoto. O prefeito Felício Ramuth quer inibir as construções em áreas de preservação ambiental e de encostas, além de loteamentos clandestinos e corte de árvores da Mata Atlântica que ocorre em regiões remotas, principalmente sobre a Serra da Mantiqueira.
Além de ter controle e o mapeamento mais preciso da carta hidrográfica do município, obtendo informações georreferenciadas de riachos, corregos e nascentes.

Outra inovação tecnológica é a aquisição de serviços de monitoramento por satélite de todo o território municipal, o que trará mais eficiência à fiscalização de parcelamentos clandestinos, áreas de risco, desmatamento e outras infrações ambientais.

Um satélite passará a cada 72 horas sobre o território e as imagens coletadas serão analisadas e processadas para detecção de alterações como novas edificações em parcelamentos clandestinos e áreas de risco, supressão de vegetação, terraplanagem em áreas ambientalmente protegidas, entre outras finalidades possíveis.

A resolução das imagens é de 60 cm e a área mínima de mapeamento é de 25 m2, o que permitirá observar desde a copa de uma árvore até um novo acesso feito em área de preservação permanente sem autorização. Essas informações serão obtidas em um curto espaço de tempo com relatórios gerados a cada 10 dias.

As imagens também darão suporte ao Grupo de Avaliação de Riscos Difusos (Gard), que atua na fiscalização de loteamentos clandestinos e áreas de risco.

“Os novos recursos tecnológicos permitirão ao município fiscalizar o território de maneira contínua, sem depender exclusivamente de denúncias de irregularidades, atuando com mais eficiência na preservação ambiental”, comentou Ramuth. A empresa será contratada por meio licitação pública.

Fonte: Envolverde

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros