Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Casas populares em Pelotas são construídas com método sustentável alemão

Um sistema de construção que é realizado em um terço do tempo em relação ao método convencional foi adaptado para a realidade de famílias carentes em Pelotas, no Rio Grande do Sul. O resultado foi um conjunto habitacional com 270 unidades, bonito e sustentável.


Adaptando um método alemão de construção, chamado de wood frame, a empresa paraense Tecverde utiliza 75% menos mão de obra e gera 25% de resíduo de um canteiro comum. O sistema consiste no uso de painéis de madeira de reflorestamento substituindo os tijolos. Mas, o material rústico não fica aparente, pois todas as peças são envoltas por chapas e membranas. Além disso, é feito isolamento térmico com lã de vidro ou garrafas PET.

Os 270 sobrados possuem 47m2 cada um, além de dez casas térreas com acessibilidade. O espaço comum possui playgrounds, dois centros comunitários e seis churrasqueiras.

Batizado de Residencial Haragano, o projeto é uma parceria da Caixa Econômica Federal com a prefeitura de Pelotas e o governo do estado, que cedeu a área. Além dos modelos populares, a companhia realiza projetos residenciais individuais, mas apenas em locais próximos às suas fábricas – por ser um processo de fabricação de paredes industrializado.

Fonte: Ciclo Vivo

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros