Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Antigo terreno da máfia italiana é transformado em horta comunitária

O projeto foi idealizado por uma rádio local, que há anos ajuda a combater as tradicionais máfias italianas.

Aos poucos as cidades italianas vão transformando os rastros deixados pelas máfias em benefícios à população. Em Ercolano, por exemplo, cidade próxima à Nápoles, uma antiga propriedade da máfia Camorra, pertencente a Nicola Scognamiglio, hoje dá lugar a uma enorme horta que produz tomates especiais.

O projeto foi idealizado por uma rádio local, que há anos ajuda a combater as tradicionais máfias italianas, conhecidas mundialmente por sua brutalidade e riqueza. Entre as medidas para exterminar a prática no país, o governo permite que as propriedades confiscadas sejam transformadas em cooperativas, ONGs e espaços comunitários.

Em Ercolano, o espaço foi apelidado de “The Pizzino Vesúvio”, também conhecido como “pizzino sano”, ou: laço saudável. Em declaração oficial, a rádio explicou o ideal por trás do projeto: “Este projeto tem um significado mais profundo, uma mensagem de revanche e mudança, porque mesmo lá, onde havia algo podre, por surgir algo bom”.

Os tomates produzidos na horta são de excelente qualidade. Conhecidos como tomate piennolo vesuviano, eles têm forma redonda, com a extremidade inferior no formato semelhante ao de um pequeno laço.

O vegetal é colhido durante o verão italiano, mais especificamente entre julho e agosto, mas como amadurece lentamente, ele pode ser guardado e utilizado até a primavera do ano seguinte. O tomate piennolo vesuviano é um dos produtos agrícolas mais tradicionais da região. Prova de que o espaço está sendo muito mais útil hoje do que para o seu antigo propósito.

Fonte: Redação CicloVivo

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros