Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Projeto premia três cooperativas de catadores com R$ 100 mil e suporte técnico


A ideia é de que o prêmio ajude as cooperativas a se desenvolverem, tornando a reciclagem ainda mais efetiva.


Através de um programa específico com cooperativas de catadores, a Ambev tem colaborado para o desenvolvimento e a expansão de reciclagem no Brasil. A edição atual do Excelência AR, projeto que reconhece bons exemplos de cooperativas, ­contou com a participação de mais de 260 organizações de diversas cidades brasileiras. O programa foi criado com o intuito de identificar organizações bem-sucedidas e premiá-las com uma recompensa monetária e assistência técnica para que continuem a se desenvolver e expandir o tralho de coleta e manejo adequado de resíduos sólidos.

A empresa fez um trabalho de triagem e acompanhamento de todos os processos realizados dentro das organizações inscritas no programa e escolheu três vencedoras, que receberam um aporte financeiro de R$ 100 mil, acompanhado de um ano de assistência técnica especializada para que continuem a se desenvolver, tornando a reciclagem mais efetiva nas regiões em que atuam.

O programa de reciclagem da Ambev está em linha com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, voltada ao descarte correto das embalagens pós-consumo. Mas, mesmo sendo uma empresa do setor de bebidas, as iniciativas aplicadas junto às cooperativas não se limitam aos resíduos gerados pelos produtos da marca.

De acordo com a empresa, são mais de 60 cooperativas que integram o programa. Através do aporte técnico da empresa, apenas nos dois últimos anos, as organizações parceiras conseguiram incrementar a renda média em 13%. Além disso, em 2015, 60% delas alcançaram rendimento superior ao salário mínimo e 73% atingiram ganho maior do que a média do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

Além de trabalhar com foco no aumento do alcance de capacidade de coleta e reciclagem, o programa também tem foco em inovação, criando tecnologias que permitam o desenvolvimento de novos produtos a partir de resíduos. Um dos exemplos é a garrafa PET de um dos refrigerantes da marca, 100% reciclada, feita a partir de outras garrafas plásticas. A política socioambiental da empresa também tem metas de redução no uso de recursos naturais, emissões de gases de efeito estufa e uso de embalagens.

Veja nos vídeos abaixo o trabalho realizado pelas cooperativas vencedoras:

CooperRegião (Londrina – PR)



Fonte: Ciclo Vivo

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros