Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Cerca de 200 presos já receberam tornozeleira eletrônica após incêndio na Papudinha

Na manhã desta quinta-feira (22), o secretário de segurança, Emylson Farias, informou que pelo menos 400 tornozeleiras eletrônicas já foram disponibilizadas para que o Poder Judiciário fizesse o monitoramento dos presos em regime semi aberto que após o incêndio na Unidade Prisional (UP4), tiveram que retornar ao Regime Fechado.


Para serem contemplados com a liberdade vigiada, os presos precisam se encaixar nos critérios estipulados pela juíza da Vara de Execuções apenas, Luana Campos, entre eles, não ter envolvimento com o incêndio ocorrido na unidade, apresentar bom comportamento, possuir residência fixa entre outros.

Até esta quinta-feira, 200 dos mais de 320 presos direcionados ao presídio, já haviam recebido o equipamento e estão sendo monitorando através do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen).

"É importante ressaltar que essas pessoas que vão receber o equipamento vão ser monitoradas 24hs por dia, ou seja, saberemos onde ele está. Se acontecer um homicídio ou um roubo em um local em que eles estejam próximo, nós já vamos direto pra saber quem foi, então a investigação já tem um norte. Nós passamos a ter um controle absoluto desse pessoal que está sendo monitorando por um equipamento eletrônico"  ressaltou, Emylson Farias.

Para permanecer com o benefício os presos terão que obedecer regras, entre elas, não frequentar bares, festas ou casas noturnas, não remover, danificar ou violar o equipamento, não se ausentar da comarca onde reside, carregar o equipamento diariamente e receber as visitas do servidor quando solicitado.

Fonte: Jornal O Rio Branco

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros