Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Inseto predador empilha corpos de vítimas para criar camuflagem

Um inseto encontrado na Malásia e na África usa os corpos de suas vítimas para se proteger de predador. O Acanthaspis consegue carregar até 20 formigas nas suas costas e essa camuflagem pode ser maior que o corpo do próprio inseto. As informações são do Daily Mail e da revista Smithsonian.


O fotógrafo Guek Hock Ping, 50 anos, costuma registrar o Acanthaspis na Malásia. “Eu vou a parques e florestas fazer macrofotografia uma ou duas vezes por semana. Eu encontro o Acanthaspis quando estou na floresta”, conta. “Eu passo trinta minutos fotografando um desses insetos assassinos toda vez que encontro um.”

Os cientistas não têm certeza de como essa a camuflagem funciona. Em um experimento em 2007, na Nova Zelândia, diversos Acanthaspis foram colocados próximos a aranhas-saltadoras (seu predador natural). Alguns tinham as formigas nas costas, outros não tinham nada. O resultado é que os animais sem a camuflagem eram atacados cerca de 10 vezes mais que os que tinham.

Os biólogos sabem que as aranhas-saltadoras têm uma boa visão, mas um péssimo olfato. Uma hipótese levantada é que a camuflagem deixa o corpo do Acanthaspis tão diferente do habitual que as aranhas não reconhecem a presa. Outra possibilidade é que o aracnídeo tenha medo de atacar por medo das formigas – já que estas costumam se unir, além de secretar armas químicas contra o predador. 

Fonte: Terra

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros