Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Prefeitura de Florianópolis deve lacrar 25 comércios em Canasvieiras

Locais já foram notificados duas vezes pela prefeitura por esgoto irregular.
Governador em exercício chegou a sugerir decreto de emergência.


O prefeito de Florianópolis, Cesar Souza Júnior, disse ao Jornal do Almoço nesta segunda-feira (11) que pelo menos 25 estabelecimentos comerciais serão lacrados nesta semana por terem ligação irregular de esgoto em Canasvieiras, no Norte da Ilha. Na sexta-feira (8) a praia foi declarada imprópria para banho.

Segundo o prefeito, esses locais já foram notificados duas vezes pela prefeitura e não realizaram as obras necessárias para despejar o esgoto na rede coletora da região. Na região de Canasvieiras, 3.300 imóveis foram verificados desde dezembro e 57% deles têm irregularidades.

“É importante que a população que recebeu a visita do Se Liga na Rede [programa da Casan para fiscalizar esgoto], que foi notificado, faça a regularização. Muitas vezes são coisas pequenas, sobretudo relativas à caixa de gordura, que podem melhorar muito", disse o prefeito (assista acima à integra da entrevista).

Ainda segundo Cesar Souza Júnior, cerca de 22% dos locais onde foram constatadas irregularidades já iniciaram o processo de regularização. São hotéis, pousadas, restaurantes e lojas. A cada notificação, é dado um prazo de 90 dias para o início de obras.

Segundo o prefeito, as multas por danos ambientais podem chegar até R$ 3 mil. Uma nova vistoria nas casas que não receberam a Casan, por estarem fechadas na temporada, também deve ocorrer nos próximos dias.

Governo sugeriu emergência sanitária

Na manhã desta segunda-feira (11), o governador em exercício do estado, Eduardo Pinho Moreira, chegou a sugerir à prefeitura decretar Emergência Sanitária para que os trâmites burocráticos para as ações em Canasvieiras fossem mais facilmente resolvido, como licitação de novas linhas coletoras. Entretanto, na tarde desta segunda, a prefeitura informou que as medidas serão tomadas sem necessidade de decreto.

Rio poluído

Em Canasvieiras, a poluição do Rio do Brás se dá principalmente pelas ligações clandestinas, que jogam dejetos direto na água. 

Conforme a Casan, o modelo ideal de sistema de esgoto comercial e residencial, fornecido como orientação, é ignorado por 50% dos moradores e empresários que receberam a fiscalização no Norte da Ilha no ano passado.

Outro problema, segundo a Casan, é o transbordo do sistema por excesso de água. “O grande motivo são essas chuvas torrenciais que estão caindo. A nossa rede de esgoto não foi feita nem projetada para receber essa demanda", diz o gerente da Casan Marcelo Dutra. 

No domingo, a companhia anunciou medidas para reduzir as ligações de esgoto irregular no Norte da Ilha. Uma delas é disponibilizar técnicos e engenheiros para dar assessoria gratuita a donos de imóveis que quiserem regularizar a situação.


Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros