Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Rumo à sociedade do bem estar

Consumidor Moderno Consciente

A felicidade do brasileiro está diretamente relacionada ao consumo. É o que aponta um levantamento realizado pelo Instituto Akatu, a pesquisa é a oitava edição da série de publicações sobre Responsabilidade Social Empresarial – Percepção pelo consumidor brasileiro, realizada desde 2000. Os dados da pesquisa foram apresentados durante o VII Fórum ABA (Associação Brasileira de Anunciantes) de Sustentabilidade, em São Paulo, pelo Gerente de Conteúdo e Metodologia do Instituto Akatu, Dalberto Adulis.
Segundo a pesquisa, o avanço recente aponta que a sociedade está mais consciente sobre sustentabilidade. O levantamento retrata um consumidor, que mesmo em um clima econômico de mais consumo, preserva inalterados seus comportamentos cotidianos de consumo consciente, tem mais interesse e maior conhecimento sobre sustentabilidade e sobre Responsabilidade Social Empresarial, além de estar mais crítico e exigente sobre as práticas das empresas nestas áreas.

Cerca de 800 pessoas entre 18 e 52 anos foram entrevistadas, questionadas sobre “O que é a felicidade” 66% responderam que a felicidade estava relacionada à saúde e bem estar, 60% ao convívio, 36% a qualidade de vida e 30% dos entrevistados mencionaram que ter dinheiro, posses ou fazer compras era sinônimo de felicidade. Em busca da concepção de felicidade os brasileiros elencaram outras prioridades como mobilidade ao invés de carro próprio, acesso aos alimentos saudáveis, mais tempo para passar com as pessoas e preferem obter produtos que durem mais a quantidade.

A pesquisa mostrou uma forte inclinação do consumidor na direção do “caminho da sustentabilidade” ao invés de opções do “caminho da sociedade de consumo”. Segundo Dalberto Adulis, a sociedade está em transformação. “As preferências pelos caminhos mais sustentáveis se manifestam de várias maneiras. As pessoas querem mais e estão céticas quanto à responsabilidade das empresas sobre as práticas de consumo coorporativo”, resalta o representante do Instituto Akatu.

População do Consumo

Consumimos por ano 50% do que o planeta é capaz de repor. Apesar do aumento do investimento e uma estabilidade do número de consumidores classificados como “conscientes” – cerca de 5% da população – , o crescimento da adesão a práticas de consumo consciente, foi de maneira eventual e não contínua.

Fonte: Mercado Ético

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros