Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Brasil já polui como país rico; frota de veículos explica resultado

O Brasil já polui na mesma proporção dos países desenvolvidos, explicou nesta terça-feira um dos autores do Quinto Relatório de Avaliação do Grupo Intergovernamental de Analistas sobre a Mudança Climática das Nações Unidas (IPCC), José Marengo, que lamentou que a “agenda ambiental esteja em segundo plano”.

Em entrevista coletiva no centro de informação das Nações Unidas no Rio de Janediro, Marengo, que comentou o relatório, afirmou que há “famílias que têm três carros como símbolo de progresso”.

No Brasil, a maior causa da emissão de dióxido de carbono (CO2) é a queima de combustível, que é explicada principalmente pelo aumento muito significativo da frota de veículos nos últimos anos.

Marengo reivindicou a necessidade de uma “mudança no modo de vida dos países desenvolvidos”, embora tenha reconhecido a dificuldade que Índia, China ou mesmo o Brasil têm em compreender isso, já que “entenderiam como uma estratégia dos Estados Unidos e Europa para frear o progresso”.

O especialista em ecologia se mostrou “pouco otimista” a conseguir que os Estados se comprometam em matéria ambiental na 19ª Conferência das Partes da Convenção da ONU sobre Mudança Climática (COP19), que será realizada em Varsóvia em novembro.

Nesse sentido, Marengo lamentou as dificuldades para chegar a acordos sobre o meio ambiente em um contexto de crise econômica generalizada, já que é dada “menos importância à agenda ambiental”.

O último relatório do IPCC recolhe, entre outros dados também preocupantes, que nas últimas três décadas foram registradas as temperaturas mais altas desde 1850, e destaca a responsabilidade do ser humano nas mudanças climáticas. 

Fonte: Terra

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros