Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Aquecimento global faz 35 mil morsas se aglomerarem em praia

As mudanças climáticas devem causar consequências cruéis na vida dos animais. Um exemplo disso é um flagrante feito por um fotógrafo da Associated Press no último sábado: milhares de morsas do Pacífico, que não conseguem encontrar mares congelados para descansar no Ártico, estão chegando em número recorde em uma praia no Alasca. As informações são do USA Today.


Segundo a publicação, cerca de 35 mil delas se reuniram a cerca de 8 quilômetros de Point Lay, de acordo com a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês). Além disso, observadores encontraram, na semana passada, cerca de 50 carcaças de animais que podem ter morrido durante uma debandada.

Ao contrário de outros animais marinhos, as morsas não conseguem nadar sem parar e precisam descansar. Para isso, elas usam suas presas e se arrastam em direção ao gelo e as pedras. Com as mudanças climáticas e com a mudança rápida da paisagem no Ártico, as morsas estão se acumulando cada vez mais no Alasca.

As consequências dessas mudanças climáticas para os animais podem ser fatais. Principalmente, para os filhotes, que precisam de maior controle da temperatura do corpo, sofrem com tumultos e possuem menos habilidade para nadar. O fenômeno serve como mais um aviso sobre o que está acontecendo com a Terra. 

Fonte: Terra

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros