Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Educação inovadora

Porvir lança mapeamento de experiências de inovação em educação.

Como a inovação transforma os sistemas e modelos tradicionais de educação na prática? Para responder a essa questão, o Porvir, programa do Instituto Inspirare, coordenou um mapeamento de experiências educacionais e inovação em mais de 30 países. Inédito no Brasil, o levantamento apresentado nesta quinta-feira (30), em São Paulo, resultou na plataforma InnoveEdu, que destaca iniciativas capazes de tornar o aprendizado mais significativo e conectado com as demandas do século 21. O mapeamento foi produzido em parceria com Edsurge (Estados Unidos), Innovation Unit (Reino Unido) e WISE (Catar), organizações com experiência em pesquisa e disseminação de inovações educacionais, que atuam em diferentes países e continentes.

A plataforma InnoveEdu, com uso inteiramente gratuito, reúne 96 cases nacionais e internacionais. No cerne da iniciativa, o objetivo de reunir experiências educacionais inovadoras que sejam fonte de referência para educadores, formuladores de políticas públicas e empreendedores ao redor do mundo. A proposta é trazer inspiração concreta – por meio de exemplos reais – para que educadores consigam implementar práticas criativas e transformadoras na rotina dos ambientes educacionais.

A plataforma traz, ainda, cinco tendências que permeiam as experiências educacionais mais inovadoras: as Competências para o século 21 estão relacionadas a um conjunto de conhecimentos, habilidades, atitudes e competências que preparam os alunos para a vida acadêmica, profissional, pessoal e em comunidade; a Personalização se refere a estratégias pedagógicas que levam em consideração que os alunos aprendem de formas e em ritmos diferentes; na contramão do ensino tradicional, a Experimentação é representada por metodologias que desenvolvem o aprendizado a partir da prática; com o entendimento de que o aprendizado não acontece apenas dentro da escola, o Uso do Território leva a educação para museus, praças, centros culturais, empresas, clubes e outros locais; as Novas Certificações vão além do ambiente acadêmico e usam cursos online e espaços informais, pois diplomas de etapas de ensino não dão mais conta de comprovar a aquisição de conhecimento.

Segundo Anna Penido, diretora do Inspirare, as tendências apresentadas no InnoveEdu estão interligadas com as demandas do século 21. Iniciativas que personalizam o aprendizado, por exemplo, muitas vezes utilizam metodologias de experimentação. “As evidências mostram que não adianta apenas melhorarmos a qualidade da educação que já fazemos. É preciso buscar formas mais contemporâneas de ensinar e de aprender. As experiências relacionadas no InnoveEdu mostram que esse caminho é possível. Muitas delas já integram mais de uma tendência e promovem o uso cada vez mais inovador das tecnologias”, explica.

A compilação dos 96 casos envolve diferentes regiões do mundo e muitos níveis de atuação – de experiências cotidianas em salas de aula a mudanças em políticas públicas em sistemas de educação. Os temas variam de formas inovadoras de utilizar as tecnologias na educação a novas abordagens pedagógicas. Além de um descritivo detalhado da iniciativa educacional – abordando problema/desafio, soluções e resultados – cada experiência conta com uma ficha técnica com informações adicionais sobre o grau do uso de tecnologia, pessoas impactadas, idade dos beneficiários, fases do projeto e tendências associadas.

“Os modelos tradicionais de educação não respondem mais às demandas da sociedade contemporânea, nem ao perfil dos alunos do século 21. Instituições de todo o mundo estão empenhadas em desenvolver novas formas de aprender e de ensinar. Com o InnoveEdu, buscamos entender como essas inovações acontecem na prática, para inspirar e apoiar gestores, educadores e empreendedores brasileiros. O propósito é fomentar a criação ou adoção de novas soluções educacionais que gerem impactos significativos na vida de cada estudante, independente da sua situação social, econômica, física, emocional ou cognitiva”, afirma a diretora-executiva do Instituto Inspirare.

Entre os 32 países mapeados pelo InnoveEdu estão: África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Bangladesh, Brasil, Burkina Faso, Camarões, Canadá, China, Colômbia, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, Gana, Holanda, Índia, Indonésia, Israel, Jordânia, Malawi, Nicarágua, Nova Zelândia, Reino Unido, Senegal, Suécia, Tailândia, Taiwan, Tânzania, Zâmbia e Zimbábue. Alguns projetos têm atuação global. No Brasil, destaque para 15 iniciativas.

Fonte: Envolverde

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros