Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Incêndio persiste na Chapada Diamantina

Apesar de alguns focos terem sido contidos, situação ainda é preocupante.


O incêndio de grande proporção que atinge toda a Chapada Diamantina, região que extrapola os limites do Parque Nacional na Bahia, tem mobilizado as comunidades locais. A professora Gislene Moreira, mora no Vale do Cercado, próximo ao Morro de Camelo e conta que quando o fogo começou foram os moradores que se juntaram para tentar conter as chamas.
Técnico da Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis, Rodrigo Vale conta que, apesar das dificuldades que os brigadistas voluntários enfrentam, as comunidades locais têm recebido bastante ajuda.
De acordo com o técnico, a região da Chapa Diamantina abriga 80% das nascentes que abastecem o estado da Bahia e os incêndios podem prejudicar o abastecimento de água.

O Parque Nacional da Chapada Diamantina é uma área de preservação ambiental e turismo ecológico, que conta com uma área de 152 mil hectares. Cerca de 10 mil hectares já foram queimados. A estimativa é reforçada pelo ICMBio que contrasta os números divulgados nos últimos dias, dando conta de que 30 mil hectares já haviam sido destruídos pelo fogo. O chefe-substituto do Parque, César Gonçalves, explica que esse número abrange a vegetação fora dos limites do parque.
Segundo Gonçalves, a situação é menos crítica, mas ainda preocupa. Alguns focos foram contidos e o fogo se concentra agora em dois pontos: o Morro Branco, no Vale do Capão, em Palmeiras; e no Barro Branco, em Lençóis.
“São áreas de grandes rochas, com fraturas e vales estreitos e profundos, repletos de vegetação. É praticamente impossível chegar a esses locais. Não dá para entrar sem pôr em risco a vida dos brigadistas. Por isso, a estratégia é evitar que o fogo saia dessas áreas e se espalhe ainda mais”, afirmou.
O serviço de meteorologia prevê chuvas passageiras para os próximos dias na Chapada Diamantina, aumentando as esperanças de que o incêndio seja logo controlado. Na semana passada, choveu em algumas cidades da região, mas não o suficiente para apagar o fogo.
As informações são da Radioagência Nacional e ICMBio.

Fonte: Ciclo Vivo

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros