Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Loja itinerante recebe pagamento em lixo ao invés de dinheiro

É possível comprar até cerveja usando o lixo como moeda.


Você já imaginou se, ao invés de dinheiro, fosse possível fazer compras pagando com lixo? Pode parecer extremamente estranho, mas é isso o que acontece durante o Seaside Scavange, um evento e loja itinerantes que têm viajado a Austrália para conscientizar pessoas sobre a produção e o descarte de resíduos sólidos.
A ideia é da jovem Anna Jane Linke. Em entrevista ao site australiano “1 Million Women”, ela explicou como surgiu o projeto. “A ideia era conseguir deixar a praia ao mesmo tempo em que acontecia uma feria de troca de roupas”, disse. Para conseguir unir as duas coisas, ela criou uma logística em que as pessoas usam o próprio lixo coletado nas redondezas do evento como moeda para comprar os produtos expostos.

O sistema é muito simples. A cada dez resíduos entregues, a pessoa ganha uma ficha. Ao longo das araras e prateleiras estão espalhados os mais diversos produtos, recebidos através de doações, e que podem ser levados em troca das fichas. É possível comprar até cerveja usando o lixo como pagamento.

Para Anna esta é uma forma de mostrar às pessoas que a humanidade está produzindo uma quantidade enorme de resíduos, que boa parte disso poderia ser evitado e que os resíduos também valem dinheiro. A ideia de fazer os eventos próximos às praias é justamente mostrar o estrago que esse lixo pode fazer nos oceanos, como, aliás, já tem feito.

Os eventos vão muito além da feira de trocas. Com o apoio de voluntários e da própria comunidade local, o Seaside Scavange se torna um verdadeiro festival cultural grátis, que conta com a participação de músicos e artistas diversos.

Atualmente o projeto está viajando pela costa leste australiana. No evento do último final de semana, por exemplo, realizado em Sunny Coast, foram coletados 98,1 kg de lixo da praia. Apenas bitucas de cigarro foram 5.077, que são normalmente os resíduos mais comuns, segundo, Anna.

Atualmente o Seaside Scavange é realizado de forma totalmente voluntária e sem lucros financeiros. Mas, a idealizadora do projeto espera que para o próximo ano seja possível contar com patrocinadores, para que a ideia ganhe impacto ainda maior e que a continuidade se torne viável pessoal e financeiramente.

Fonte: Ciclo vivo

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros