Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Resíduos agrícolas e cogumelos viram couro sustentável

O processo resulta em diferentes tipos de materiais semelhantes ao couro em aparência e resistência.


Esta não é a primeira vez que o CicloVivo mostra exemplos de cientistas que estão produzindo couro a partir de origem vegetal. A startup norte-americana Mycoworks é mais um exemplo de que a moda pode caminhar junto com a sustentabilidade. Os pesquisadores que fundaram a empresa criaram um material muito parecido com o couro, mas ainda mais versátil e proveniente de cogumelos e de resíduos agrícolas.

O que a empresa faz é transformar as fibras do micélio e os resíduos de plantas em um novo material. Em entrevista ao site Fast Co.Exist, o diretor de tecnologia da Mycoworks, Phillip Ross, explicou a base para o processo. Segundo ele, os cientistas quebram a celulose e reorganizam os açúcares e proteínas de modo a obter um novo material.

Enquanto o couro animal leva, pelo menos, três anos para ser produzido, a startup consegue produzir o couro vegetal em apenas algumas semanas, sem causar qualquer sofrimento a algum animal ou comprometer a biodiversidade local. Além disso, enquanto a pegada de carbono do couro tradicional é altíssima (em média 33 toneladas de CO2 por par de sapato), o couro natural é neutro em carbono.

Ross explica que a base para a produção é formada por materiais que seriam descartados como resíduos. Após o processo de fabricação eles ganham valor e até mesmo o resíduo gerado pode ser comercializado como adubo orgânico.

De acordo com a empresa, o processo resulta em diferentes tipos de materiais semelhantes ao couro em aparência e resistência. Mas, eles têm a vantagem de serem mais versáteis. Durante a manipulação é possível obter um couro semelhante ao de diferentes animais, com diversas densidades, durabilidade e até mesmo com diferentes níveis de absorção de água.

A expectativa é de que os produtos feitos com este couro vegetal sejam comercializados em até dois anos e estejam disponíveis em preços semelhantes aos fabricados com couro tradicional.

Clique aqui para mais detalhes deste material.

Fonte: Ciclo Vivo

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros