Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sábado, 5 de novembro de 2016

Turismo: um passeio por alguns dos mais charmosos cemitérios do mundo


Arte sacra, calmaria, túmulos centenários e sepultados famosos, tem de tudo nessas atrações turísticas de outro mundo


Sombrios, luxuosos, tranquilos e, por que não dizer, alegres? Quando o assunto é cemitério, existem destinos para todos os estados de espírito. Mas, calma! Não estamos falando daqueles que garantem por aí ser nossa única certeza.

O papo aqui é sobre turismo sepulcral e se engana quem acredita que cemitério é lugar apenas de covas e lápides. Para provar isso, fizemos uma lista com alguns bem interessantes e que você precisa visitar ainda em vida!

Campo Santo, Salvador
Na capital baiana, os apreciadores da arte sepulcral podem encontrar um rico acervo no cemitério do Campo Santo. São mais de 200 obras distribuídas em sete quadras. As influências estéticas são as mais diversas, com peças nos estilos renascentista, barroco, gótico, moderno e contemporâneo.

Várias personalidades baianas foram sepultadas no local, como Aristides Maltez, Otávio Mangabeira, Simões Filho, Lauro de Freitas, Miguel Calmon e Antonio Carlos Magalhães.

O cemitério do Campo Santo está localizado na Federação e é aberto diariamente. As visitas guiadas podem acontecer de segunda a sábado, entre 8h e 17h, e precisam ser agendadas pelos telefones 71 2203-9831/9832. Esses passeios exigem um mínimo de 15 pessoas, que devem pagar uma taxa de R$ 6, cada. Estudantes de instituições públicas têm entrada gratuita. 

Père Lachaise, Paris
Não é por acaso que mais de 2 milhões de pessoas visitam o Père Lachaise todo ano, o maior cemitério de Paris. Sob seu solo estão os restos mortais de figuras mundialmente conhecidas, como Chopin, Oscar Wilde, Jim Morrison e Allan Kardec. O lugar foi inaugurado em 1804, em plena Era Napoleônica. A entrada é gratuita e não existe um roteiro oficial de guia, mas empresas privadas oferecem o serviço por preços variados.

Cemitério Alegre, Armênia
Esqueça a ideia de cemitério como um lugar sombrio e macabro. Pelo menos na aldeia de Sapanta, na Armênia, esse cenário é diferente. No Cemitério Alegre, como é conhecido, os túmulos são decorados e pintados com cores vivas, predominando o azul. A tradição começou em 1935, quando um escultor local pintou sua primeira cruz e chegou a fazer mais de 800 peças até sua morte, em 1977. O cemitério abre todos os dias para visitação e é cobrada uma taxa que custa em torno de R$ 2 para a entrada.


Cemitério da Consolação
É em um ambiente tranquilo e arborizado, em meio à agitada Rua da Consolação, em São Paulo, que os corpos de artistas como Oswald de Andrade, Monteiro Lobato, Tarsila do Amaral e Mario de Andrade encontraram o descanso eterno.

Fundado em 1858, o Cemitério da Consolação é o mais antigo de São Paulo. Uma das construções que atraem a atenção dos visitantes é o mausoléu da família Matarazzo, que está entre os maiores da América do Sul, com 25 metros de altura. As visitas monitoradas acontecem às terças e sextas, às 9h ou 14h. O passeio é gratuito, mas precisa ser agendado. 
 Highgate, Londres
Construído em 1839, em plena Era Vitoriana, ser enterrado em Highgate representava o ápice da ostentação londrina. É ali onde se encontram os restos mortais de Karl Marx, autor de O Capital e do Manifesto Comunista. Um tour com visitas aos principais monumentos do cemitério acontece de segunda à sexta, pontualmente às 13h45. Nos finais de semana o passeio acontece de hora em hora. A entrada custa em torno de R$ 11.

Cemitério da Recoleta, Buenos Aires
Localizado em um dos bairros mais nobres de Buenos Aires (onde o metro quadrado pode chegar a R$ 7.269), o cemitério da Recoleta, construído em 1822, mantém um acervo repleto de símbolos relacionados à morte. O túmulo mais visitado é o de Evita Perón, considerada pelos argentinos a “mãe dos pobres” e mulher do ex-presidente Juan Domingo Perón. O cemitério é aberto todos os dias, das 7h às 17h45, e oferece visitas guiadas gratuitas.

Fonte: Correio 24 horas

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros