Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Cemitério cobra por estacionamento e gera reclamações

Vereador pede fiscalização e vai apresentar projeto para isenção de uma hora


A cobrança de estacionamento no Cemitério Memorial da Colina, em Cachoeirinha, vem gerando reclamações e na Câmara de Vereadores o assunto foi levantado pelo vereador Fernando Medeiros (PDT).

Ele quer uma fiscalização por parte da Prefeitura para saber se o empreendimento possui no seu alvará a atividade comercial de exploração de estacionamento além dos serviços fúnebres oferecidos.
O parlamentar revelou que uma pessoa reclamou para ele que acabou tendo que passar pelo constrangimento de fazer uma vaquinha entre conhecidos para poder sair do cemitério depois de acompanhar o enterro de um parente, já que desconhecia a cobrança.

“Os familiares já pagam pelo jazigo, pelo aluguel das capelas, pelo que consomem e agora também tem que pagar pelas horas que o carro fica estacionado lá. É muita perspicácia em busca do lucro fácil. Nós não podemos aceitar essa prática”, argumenta.

Medeiros disse que seria o mesmo que ele alugar um salão para fazer um jantar e na entrada os convidados serem recepcionados por um guarda cobrando para estacionar o carro.

“Se no alvará não constar a atividade de estacionamento, as cancelas devem ser levantadas para que as pessoas possam se despedir de seu entes de maneira digna. Se constar, a bancada do PDT vai apresentar um projeto para que haja isenção de uma hora, como acontece em cemitério de várias cidades”, afirma.

A diária para estacionar no cemitério durante um velório é de R$ 17,00. Para períodos mais curtos de permanência no estacionamento a cobrança é de R$ 7,00 por meia hora e R$ 4,00 para cada meia hora adicional. Há apenas 15 minutos de isenção. O estacionamento é explorado por uma empresa terceirizada.

Moradores de Cachoeirinha acabam sendo obrigados a enterrar seus familiares no Memorial da Colina, que é particular e pertence ao Grupo Cortel. Isto porque o Cemitério Municipal está lotado e raramente surge alguma vaga.

O outro lado

O Grupo Cortel, por intermédio de sua assessoria de imprensa, se manifestou apenas através de uma nota sem entrar em maiores detalhes: “O Grupo Cortel comunica que desde  o dia  1º de dezembro de 2015 foi implantado o estacionamento pago no Cemitério Parque Memorial da Colina, em Cachoeirinha, com o objetivo de ampliar a segurança dos clientes e visitantes, que contam com cobertura de seguro para seus veículos, vigilância 24 horas e fácil acesso ao empreendimento.”

Fonte: Jornal O Reporter

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros