Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Minas Gerais debate resíduos sólidos durante IV Conferência

O secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Francisco Gaetani, participou, nesta terça-feira (10), em Belo Horizonte (MG), da abertura da IV Conferência Estadual de Meio Ambiente. Ele destacou a importância da mudança de comportamento de toda sociedade enfrentamento de um grave problemas das cidades, que é o tratamento e a destinação dos resíduos sólidos, principal tema de debate desta edição.“Todos nós sabemos as consequências de se ter lixões em nossas cidades, por isso temos o desafio de construir soluções inovadoras”, ressaltou Gaetani. O encontro é preparatório para a A IV Conferência Nacional de Meio Ambiente, que tem como tema a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que prevê, entre outros pontos, o fechamento dos depósitos de lixo a céu aberto, os conhecidos lixões, até agosto de 2014.

De acordo com o secretário-executivo, a conferência representa uma ótima chance para encontrar formas estruturantes e criativas para tratar esse assunto. “Essa é uma oportunidade de balanço, avaliando o que já foi feito e o que é preciso avançar”, reforçou. As conferências estaduais são preparatórias para a etapa nacional, que acontecerá em Brasília, de 24 a 27 de outubro.

Processo democrático – Gaetani enfatizou que o governo federal valoriza esse diálogo que a conferência proporciona, pois a construção de soluções para a gestão adequada dos resíduos sólidos depende do engajamento e mobilização de todos. Destacou a importância de Minas Gerais no processo, pois foi um dos Estados onde a discussão começou, em especial relação à atuação de catadores de material reciclável e à coleta seletiva.

Na ocasião, foram apresentados dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que mostram uma análise social de quem são os catadores no país, com base no Censo de 2010. Em Minas, 39% de catadores de material reciclável são mulheres. Outro dado apresentado aponta que a média de rendimento dos catadores mineiros é de R$ 569.

Engajamento - O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Adriano Magalhães, explicou que o Estado tem apoiado e orientado os municípios e está articulando o desafio dos consórcios para a gestão integrada dos resíduos sólidos. Ele também destacou que a expectativa é de que as propostas levantadas pela conferência possa trazer uma contribuição para a etapa nacional.

A etapa estadual reúne os delegados eleitos nas fases municipais e regionais. Ao fim do evento, serão escolhidos 60 delegados, sendo 24 delegados da sociedade civil, 18 do setor empresarial, 12 representantes de governos e seis de comunidades tradicionais e povos indígenas, que representarão Minas na etapa nacional.

O debate está centrado em quatro eixos temáticos: produção e consumo sustentáveis; redução dos impactos ambientais; geração de trabalho, emprego e renda e educação ambiental. Ao final desta etapa estadual, serão encaminhadas à etapa nacional 20 propostas de cada eixo prioritário. Mais de sete mil pessoas já participaram das etapas locais realizadas em todo o estado.

Fonte: MMA

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros