Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Moradores denunciam descarte irregular de lixo em Itapetininga

Prefeitura de Itapetininga diz que locais com problemas serão vistoriados.
Denúncias foram feitas por meio do aplicativo TEM Você.

Moradores dos bairros Vila Barth II e Vila Carvalho, em Itapetininga (SP), denunciam o uso de terrenos para descarte irregular de lixo e entulhos. As reclamações foram feitas à TV TEM por meio do aplicativo TEM Você.

A estudante Luana Beatriz Mello Pontes enviou fotos mostrando uma área na rua Oscar Antônio Sieber, na Vila Barth II. O terreno, que fica próximo à casa dela, não possui construção e, segundo a moradora, é usado como depósito de lixo.

De acordo com Sílvio Pontes, pai da estudante, alguns moradores da região são responsáveis pelo despejo do lixo e entulho no local. O problema traz transtornos para as casas da vizinhança. Pontes explica que o acúmulo de lixo provoca o aparecimento de animais peçonhentos. “Eles jogam lixo próximo a um córrego que passa aqui. Isso está trazendo rato e até escorpião. Já encontramos escorpiões na minha casa e na casa de um vizinho”, afirma.

O morador diz ainda que outra questão que preocupa é a falta de uma calçada no local. “Como isso, os pedestres se arriscam caminhando na rua. À noite é mais perigoso já que não existe iluminação pública no trecho”, destaca.

Já na Vila Carvalho o auxiliar administrativo Ricardo de Oliveira fotografou as condições de um terreno baldio na rua José Malavazi. No local há muito entulho e mato alto.

 Oliveira conta que, por três vezes, tirou dinheiro do próprio bolso para deixar o local menos sujo. “Paguei com o meu dinheiro duas pessoas para removerem lixo do terreno. Eles retiraram materiais orgânicos, como comida, para não ficar com cheiro ruim. Já o resto dos materiais precisa de equipamentos para a remoção, como trator, já que é muito lixo, é entulho”, afirma.

O auxiliar administrativo ressalta ainda que a sujeira traz problemas que vão além do terreno. Mau cheiro e insetos invadem as casas e até a escola que fica ao lado. “Minha filha estuda nesta escola que fica ao lado da área. Na unidade tem aparecido rato que, provavelmente, saem do terreno com lixo e vão para dentro da instituição. Este terreno está abandonado há aproximadamente um ano”, diz.

A Prefeitura de Itapetininga foi procurada pela equipe de reportagem da TV TEM para se posicionar diante dos problemas apontados pelos moradores. A assessoria de imprensa do município informou que uma equipe foi enviada aos locais para verificar a situação e avaliar como deve ser solucionado o problema.

Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros