Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Devastação ambiental avança no distrito de Mosqueiro/PA

Uma ação do Ministério Público Estadual (MPE) realizada nesta quinta-feira (11) teve por objetivo conter as ações dos desmatadores, no distrito de Mosqueiro, em Belém.  
A degradação ambiental foi registrada pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), que registrou que de novembro de 2014 até abril de 2015 quase 449 m² de floresta verde foram devastadas.

A iniciativa foi realizada pelo MPE em parceria com a polícia civil, militar e Secretaria do Meio Ambiente de Belém (Semma). O estudo do Imazon coloca o estado do Pará em segundo, no ranking dos que mais desmatam no Brasil.

Nos últimos seis meses, o aumento do desmatamento foi de 24%. As árvores cortadas são vendidas ilegalmente para família que queimam a vegetação e a transformam em plantação.

O alvo são espécies nobres, que são vendidas ilegalmente. “As família invadem a floresta e depois as vendem para quem têm um poder aquisitivo maior”, afirma Antônio Silva, da Semma.

O promotor de justiça Mauro Mendes explica que os possíveis “cabeças” estão há anos explorando a floresta. “Eles desmatam e fazem esse comércio ilegal de lotes”, pontua.

Uma das espécies que é alvo é o angeli, que tem o corte proibido por lei. A delegada de polícia, Virigina Nascimento afirma que é grande a devastaçãol. “Eles não estão preocupados com o reflorestamento”, disse.
Na ação, todos os desmatadores identificados responderão por crime ambiental.

Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros