Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Senhor de 109 anos tricota casaquinhos de lã para salvar pinguins de vazamento de óleo na Austrália

Nunca é tarde para ajudar o próximo. Sejam pessoas ou animais. Essa é a lição que aprendemos com a história de Alfred Date.


Alfie, como gosta de ser chamado, é um senhor de 109 anos considerado a pessoa mais velha da Austrália. A sua longevidade não é a única coisa que chama atenção.

Ele tricota pequenos casacos de lã para pinguins

Tudo começou logo quando Alfie se mudou para uma nova casa de repouso. As enfermeiras do local contaram que a Penguin Foundation, uma ONG que trabalha para proteger e preservar pinguins, precisava de pessoas que tricotassem casacos de lã para pinguins.
Casacos de lã para pinguins? É isso mesmo?!

Sim, é isso mesmo.

Os pinguins da Phillip Island, uma ilha localizada no sul da Austrália, sofrem (ou mesmo morrem) quando acontece um derramamento de óleo na região. O óleo não só separa as penas do bicho como também facilita a infiltração de água no corpo, deixando-o mais pesado e lento na hora da caça.

Além disso, os pinguins costumam ingerir o petróleo — altamente tóxico — quando se bicam. A ONG encontrou um jeito inovador para salvar pinguins desse grande problema.

Vesti-los com casaquinhos de lã para evitar a ingestão do óleo no corpo enquanto aguardam o banho de limpeza — também feito pela ONG.

O método foi testado inicialmente em 2001 e ajudou a salvar 96% dos 438 pinguins afetados na época.

Os casaquinhos não são reutilizados para evitar a transmissão de micro organismos de um pinguim para outro. Já os casacos que não são utilizados nas reabilitações servem de adereço para os bonecos de pinguins comercializados pela ONG para levantar dinheiro — como você vê em algumas imagens.
Alfie se animou em relembrar tricô e poder ajudar

O senhor já conhecia a técnica do tricô há mais de 80 anos e ficou empolgado com a possibilidade de poder ajudar outras pessoas e, claro, os pinguins. “Eu gosto de fazer [o tricô] sem errar e não me perdoo quando cometo um erro”, diz Alfie. “[Mas] Eu acho que existem desculpas para uma pessoa que já passou da expectativa normal de vida”, brinca.

Os membros da Penguin Foundation ficaram emocionados com a atitude. “Nos sentimos gratos pelas doações que recebemos e por todo tempo e esforço que ele dedicou a isso”, revelou Lauren Jones que trabalha para salvar os pinguins da região.

No fim, a ONG conseguiu a ajuda que precisava e Alfie relembrou um grande passa-tempo. Agora ele tricota cachecóis, casacos e toucas para amigos e bebês.

O site 9Stories entrevistou Alfie e publicou uma matéria completa sobre a história. Você pode ver aqui em inglês.

Fonte: Awebic

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros