Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Clinica de tanatopraxia atuava clandestinamente na preparação de cadáveres SC

Procedimentos eram feitos dentro de uma residência sem Alvará


Uma casa era usada clandestinamente para a prática de tanatopraxia de corpos. Ela foi interditada na segunda-feira 22/05, quando os fiscais da vigilância sanitária flagraram a chegada de um cadáver para procedimentos. Quando os fiscais entraram, encontraram no interior da casa, produtos e equipamentos usados em embalsamamentos. O correto, conforme a Vigilância local, é que as vísceras sejam cremadas em local autorizado e depois enterradas. O dono não tinha essa autorização nem alvará de funcionamento.

A situação já era acompanhada pela Vigilância Sanitária há cerca de um mês. Em abril foi descoberta uma outra casa, com atividade semelhante, e as suspeitas são de que os serviços tenha sido transferido para este novo endereço. O local não tinha o alvará de funcionamento e não estava apta para realização do serviço de conservação cadavérica. Outra questão que esta sendo apurada é, onde estava sendo descartado os resíduos (sangue e vísceras) das preparações. A vigilância suspeita que os resíduos eram dispensados pela rede pluvial e poderiam estar contaminando os rios e chegando ao litoral levando possíveis contaminações para as pessoas da região. Conforme a legislação o proprietário poderá também responder por descarte irregular de resíduos.

O responsável pela prática dos serviços, que seria o dono de uma funerária na cidade, não foi encontrado no local. A Delegada de Itapema Grace Closs disse que, está aguardando o encaminhamento de um ofício, com a aprovas colhidas no local por parte da vigilância sanitária, para abertura do inquérito.

Fonte: Todas Funerárias

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros