Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sábado, 31 de dezembro de 2016

5 formas essenciais de planejar o cuidado da família em 2017

Com a chegada de um novo ano, os preparativos financeiros e estratégicos se tornam ainda mais essenciais. Seja para economizar para a conquista de um bem material, como um carro ou casa, ou mesmo para poupar para o futuro, é comum que as pessoas planejem cuidadosamente o destino de seus rendimentos no ano que se iniciará.


Nessa hora, toda a família deve ser priorizada, pois os gastos excessivos podem prejudicar a trajetória dos membros. Os gastos com as mensalidades escolares, planos de saúde e seguros de vida devem constar em primeiro lugar na lista de prioridades. Por isso, o planejamento é indispensável. Afinal, ele é a melhor estratégia para que a sua família seja bem cuidada em 2017.

Confira algumas dicas para que o seu dinheiro seja bem investido na sua família nos próximos meses:

 1. Invista na previdência privada.

Com as mudanças propostas na PEC 287, como a nova definição de uma idade para a aposentadoria de 65 anos, tanto no caso de homens quanto de mulheres, todos os trabalhadores com menos de 50 anos serão afetados. Por isso, o investimento em serviços como o da previdência privada ou a abertura de um MEI (Microempreendedor Individual), no caso dos trabalhadores que atuam como autônomos, pode fazer toda a diferença no futuro.

2. Aposte em um bom plano de saúde.

É fato que a saúde pública, muitas vezes, não costuma oferecer os serviços médicos com a agilidade necessária para a situação. Para não ser pego desprevenido, principalmente, quando se trata de crianças e idosos, que costumam demandar mais nesse quesito, é essencial que os gastos com um bom plano de saúde sejam contemplados no orçamento familiar. Entretanto, certifique-se de que o plano escolhido seja de qualidade, já que esse tipo de economia pode ser prejudicial para a saúde dos membros da família em casos de males repentinos, acidentes ou fraturas, por exemplo.


3. Inclua os serviços funerários no seu planejamento.

Hoje, os custos com os serviços de enterro ou cremação variam entre R$ 3,5 mil e R$ 15 mil, e três anos depois, quando o corpo é exumado, são necessários, aproximadamente, mais R$ 3.000 para a compra de um ossuário. Isso sem levar em consideração que praticamente não existem mais vagas nos cemitérios municipais, o que torna a situação ainda mais complicada. Dependendo da renda mensal familiar, esses valores podem representar um verdadeiro rombo no orçamento. A compra antecipada de um jazigo garante economia e tranquilidade para toda a família.

Saiba mais sobre as condições especiais de lançamento do Parque da Colina de Águas Mornas clicando aqui.

4. Não deixe o seguro de vida para depois.

Assim como é o caso dos serviços funerários, muitas vezes, esses planejamentos são negligenciados por puro preconceito ou medo de tocarmos no assunto. Entretanto, é necessário estarmos preparados tanto para os bons quanto para os maus momentos; dessa forma, a nossa família não será pega desprevenida. Um bom seguro de vida garante uma cobertura e o apoio financeiro nos momentos mais angustiantes, como em casos de doenças, males súbitos ou morte. Faça uma cotação e aplique a opção que lhe for mais favorável. Assim, você estará tranquilo com a segurança e comodidade da sua família até mesmo durante os imprevistos.

5. Mantenha uma reserva financeira.

Segundo uma pesquisa, 30% dos brasileiros não possuem nem um salário de reserva, o que pode ser um grande problema durante um imprevisto. Poupar costuma ser difícil, mas com um planejamento, a tarefa não é impossível: tente reservar pequenas quantias mensais. No fim do ano, essa poupança se mostrará rentável e poderá ajudar a sua família em momentos difíceis.

Porém, o mais importante é tirar esses projetos do papel. Aproveite a chegada do novo ano para concretizar os seus planos, inclusive, os financeiros. Assim, você poderá aproveitar a nova fase com a certeza de que a sua família estará bem cuidada em todas as situações.

Fonte: Parque da Colina de Águas Mornas

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros