Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Apae ganha instalação de energia solar e deve reduzir conta de energia em até 35%

Unidade em Fortaleza recebeu sistema que vai produzir em média 1.100 Kwh/mês.


A sede da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) em Fortaleza, Ceará, recebeu a doação dos equipamentos e serviços para a instalação de um sistema de energia solar na unidade. A benfeitoria foi realizada em parceria pelas empresas Helio Energias Renováveis, JA SOLAR, Fronius e SunPasa.

O projeto, com capacidade instalada de 7,8 kWp, vai produzir em média 1.100 Kwh/mês, volume este que atenderá aproximadamente 35% do consumo da entidade, gerando uma economia média mensal de R$ 800,00 e ainda irá evitar a emissão de 12,4 toneladas/ano de CO2 na atmosfera. O sistema fotovoltaico da APAE é composto por 28 módulos JA Solar, 2 inversores Fronius e suportes e instalação da Sunpasa.

Com o projeto, a APAE, sem desembolsar qualquer valor para a compra dos equipamentos ou instalação, se tornará uma microgeradora distribuída, utilizando as Resoluções ANEEL 482 e 687, normativas que regulam o sistema de compensação de energia e permite que os consumidores gerem sua própria energia através de fontes renováveis, no local do consumo, possibilitando ainda que, no caso de geração excedente, essa energia seja compensada nas próximas contas de energia dentro de um período de 60 meses.

Segundo Dale A. Vander Woude, o mercado solar brasileiro é muito promissor, com uma ótima perspectiva de crescimento, e uma das explicações para isso é a alta radiação solar durante praticamente todo o ano, o que eleva o rendimento dos painéis solares e consequentemente a capacidade de geração do sistema. Woude explica ainda que faz parte da missão da empresa desenvolver ações sociais que beneficiem a sociedade como parte e que a APAE foi escolhida nesse momento por estar precisando urgentemente de reduzir seus custos a fim de conseguir continuar desenvolvendo seus serviços essenciais.

Já a atual presidente da APAE, Sra. Maristela Lage Alencar, vê a iniciativa com grande expectativa pelo fato de poder utilizar economia gerada pelos painéis solares nas atividades principais da entidade, que são os serviços nas áreas de pedagogia, fonoaudiologia, psicologia, terapia ocupacional, fisioterapia, assistência social e neurologia, para pessoas com deficiência intelectual e múltipla, do nascimento à terceira idade.

Fonte: Ciclo Vivo

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros