Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

terça-feira, 23 de julho de 2013

Protesto pede a extinção da Águas de Palhoça

Manifestação contra a corrupção e pelo retorno da Casan ao município será em frente à prefeitura 


Um grupo de moradores de Palhoça está descontente com os recentes escândalos envolvendo a autarquia Águas de Palhoça. Alguns defendem que a Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) volte a ser responsável pela distribuição de água no município. Com esse objetivo uma manifestação está agendada para esta terça-feira. O protesto iniciará às 17h30, em frente à prefeitura, no bairro Pagani.

O movimento é organizado via Facebook, no perfil “Vem Pra Rua Palhoça”. Para pedir a volta da Casan ao município, os manifestantes terão de enfrentar chuva e as baixas temperaturas deste início de semana. A estatal cessou os serviços em Palhoça no ano de 2007, quando venceu o contrato de 30 anos da companhia com o município. Naquele ano, a população passou a ser atendida pela Águas de Palhoça, serviço municipal de distribuição de água, criado pelo então prefeito Ronério Heidersheidt.

O prefeito Camilo Martins disse que vai respeitar os protestos. “É legítimo e democrático, mas constitui mais prejuízo para a cidade, que já sofreu com o desgaste das eleições municipais e agora com esse episódio na Águas de Palhoça”, lamentou. O prefeito disse ter percebido que algumas pessoas que estão preparando a manifestação são vinculadas ao partido público que perdeu na justiça as ações eleitorais.

Nessa segunda-feira, o prefeito reuniu os secretários para cobrar ações efetivas em diversas áreas. “Nós precisamos pensar a cidade, pensar o trânsito, pensar no bem das pessoas e agir por uma Palhoça melhor”, disse aos secretários.

Fonte: Notícias do Dia

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros