Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Máquina retroescavadeira na praia junto ao trapiche e Rio do Bras

 ESCLARECIMENTO – PARECER TÉCNICO



Sobre as reclamações difundidas por e-mail a respeito de máquina retroescavadeira fazendo “buraco” na praia junto ao trapiche e a foz do Rio do Bras, passarei aqui o meu parecer técnico de Engenheiro Civil sobre o ocorrido: 


O uso da máquina com movimentação de areias no local nada tem a ver com poluição e, ou, interesses de empresários do ramo imobiliário, muito pelo contrário, foi para benefício dos usuários da praia naquele local, pois foi feita uma “correção” do encaminhamento do fluxo das águas na foz do Rio do Brás que, as vezes, quando da abertura dessa foz, as águas do Rio costumam se dirigir paralelamente à praia, acabando com a larga faixa de areia, de uso dos turistas, moradores, atletas do vôlei de praia e demais usuários da praia naquele local. 

Então, o uso dessa máquina, assim como os serviços por ela executados foram em benefício dos usuários do local, em nada tendo a ver com poluição e, ou, interesses de empresários do ramo imobiliário. Outro assunto, este sim, muito importante é a poluição do Rio do Bras, causada em maior percentual pela “descarga” dos efluentes da ETE Canasvieiras em seu curso, contrariando o que diz a Licença Ambiental emitida pela FATMA que determina que tal fluxo deve se dirigir para o Rio Papaquara e, não, para o Rio do Bras, como acontece atualmente e a muito tempo, sem nenhuma atuação dos órgãos fiscalizadores e, principalmente, da Casan, que é a principal responsável do problema. 

Nós, moradores de Canasvieiras, pagamos para o tratamento de esgotos, e recebemos na nossa praia o efluente desse (mau)tratamento. 

Florianópolis, 04 de outubro de 2013. 

Engº Civil Roberto Schwarz

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros