Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

A obra de Francisco Salamone na Argentina: cemitérios

A variada obra do arquiteto e engenheiro italiano Francisco Salamone, espalhada por pequenas cidades da província de Buenos Aires e construída entre 1936 e 1940, manifesta a ideia de crescimento e desenvolvimento dos municípios do interior através de obras de caráter público. Através de calçadões, mobiliário urbano, praças e edifícios públicos - entre os quais se destacam os cemitérios, matadeiros e prefeituras - fica em evidência a necessidade da representação e destaque do Estado, traduzido através da monumentalidade. 


Atualmente, a dualidade na obra construída de Salamone - entre edificações em ruínas e edifícios municipais monumentais - não deixa de demonstrar a existência de um rastro identitário presente em cada uma das cidades onde foram construídos. 

Conheça, a seguir, os cemitérios de Francisco Salamone.

O caráter simbólico e expressivo destas obras cria uma atmosfera singular, vinculada diretamente com as práticas religiosas. Além disso, a presença desses projetos se destaca por se localizarem em cidades pouco populosas e de baixo gabarito. 

Portal del cementerio de Azul



Portal del cementerio de Saldungaray



Portal del cementerio Laprida



Portal del cementerio de Balcarce


Fonte: ArchDaily

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros