Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

terça-feira, 23 de maio de 2017

Instituto convida voluntários para a construção do 1º corredor verde para polinizadores

Insetos polinizadores são importantes para a produção de mel e como agentes polinizadores de espécies vegetais.


No próximo domingo (28), em comemoração à Semana Internacional do meio ambiente e aos 90 anos de criação do Instituto Biológico (IB), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, será inaugurado o primeiro corredor verde qualificado para atração de polinizadores.

O projeto tem a finalidade de qualificar e enriquecer a vegetação existente nas calçadas defronte o Instituto Biológico, localizado na Vila Mariana. Este espaço já conta com cerca de 60 indivíduos (entre palmeiras, árvores e arbustos), os quais foram previamente mapeados e analisados, para que pudessem ser identificados os espaços disponíveis para o plantio.

O foco dessa ação está nas espécies introduzidas e não na quantidade de mudas, envolvendo o plantio de outros extratos também. Essa é uma ação tão importante quanto plantar florestas pois criará conexões entre os bosques, maciços e florestas já existentes favorecendo o serviço dos polinizadores, o que é muito benéfico para a ampliação da biodiversidade na cidade.

Hoje o Instituto possui um museu onde uma das exposições fala exatamente sobre a importância dos insetos polinizadores, cujo papel vai desde a produção de mel até como agentes polinizadores de espécies vegetais, contribuindo desta forma na produção de alimentos. O museu mantém em sua área externa meliponários com quatro espécies de abelhas nativas sem ferrão: Jataí, Iraí, Mandaçaia e Uruçu-Amarela.

Com o objetivo de promover a efetiva conservação desses insetos no jardim do museu e de dar maior visibilidade ao tema “Insetos Polinizadores”, esse conjunto de ações contribuirá para a conservação e recuperação do ambiente natural e urbano e ampliará as discussões e percepções da população sobre a qualidade e o uso do espaço público.

Este projeto foi inspirado em iniciativas internacionais para reverter a situação de declínio da população de abelhas no mundo tais como as realizadas em Oslo, capital da Noruega, que impulsionou a “rodovia das abelhas” com espécies melíferas. A Grã-Bretanha também implantou importantes iniciativas neste sentido.

O corredor verde será construído em uma ação comunitária no próximo domingo (28) às 9h na Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252, Vila Mariana. Acompanhe o evento aqui.

Fonte: Ciclo Vivo

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros