Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Cemitérios oferecem por preços de R$ 800 a R$ 1.200 página em livro virtual para homenagear mortos

O epitáfio, que resume em uma frase, precedida do “aqui jaz”, tudo que o morto representou em vida para familiares e amigos, parece estar com os dias contados.
A internet sepultou as homenagens curtas. Agora, é possível fazer a biografia da pessoa que partiu, rechear com fotos e vídeos e armazenar na nuvem, para ser consultada por parentes e amigos em qualquer tempo e lugar, por meio de celular ou computador.

A novidade, batizada de “Livros dos Queridos”, é uma extensão do “Queridos Para Sempre”, que em dois anos cadastrou 200 personalidades no cemitério São João Batista, em Botafogo, e cem no Caju, na Zona Portuária. O serviço agora chega aos outros mortais, desde que os familiares paguem de R$ 800 a R$ 1.200, dependendo da complexidade da pesquisa.

A pessoa ainda recebe cem cartões com código de acesso às informações, para distribuir entre familiares e amigos, e a senha que permite atualização, incluindo comentários. A lápide também ganha código (Qr) para visualizar a biografia durante visitas. As informações também estão na internet (www.queridosparasempre.com.br). A vendedora Rosilene Silva de Souza, de 46 anos, recorreu ao projeto para perpetuar a memória da mãe Maria Helena Silva de Souza, morta em abril, aos 65, e sepultada no Jardim da Saudade, em Sulacap.

— É a forma de preservar a memória dela para as futuras gerações. Minha mãe era uma pessoa humilde, mas deu um grande exemplo ao criar três filhos sozinha — afirmou.


Fonte: Jornal Extra

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros