Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Filmes sobre perdas e luto

Apesar de muitos de nós preferirmos não falar sobre o assunto, a morte chega para todos, inevitavelmente. Por isso, é abordada em livros, na arte e também no cinema. Os filmes nos ajudam a refletir e, dessa forma, lidar com questões do cotidiano. Confira algumas dicas da psicóloga Nazaré Jacobucci, que elenca três filmes com temáticas diferentes, mas que trazem reflexões sobre a brevidade da vida e sobre a temática do luto. 


Filme: “Hanami – Cerejeira em Flor” (Kirschblüten Hanami – Doris Dörrie)

Este filme é absurdamente belo. Trudi descobre que seu marido Rudi está com uma doença terminal e, seguindo a sugestão do médico, decide fazer uma grande viagem de férias com ele. Porém, como a vida é absolutamente imprevisível Trudi morre subitamente, quando estão visitando o litoral, e Rudi decide ir ao Japão para lhe prestar uma última homenagem. Lá é a época do Festival das Cerejeiras em Flor. Este filme aborda com sensibilidade a morte de uma pessoa que é considerada fundamental e traz como pano de fundo a viuvez na terceira idade. Ele nos faz refletir sobre a brevidade da vida, assim como das flores de uma cerejeira.


Filme: “O Quarto do Filho” (La stanza del figlio – Nanni Moretti)

O filme aborda a devastadora experiência da perda de um filho. Giovanni é um psicanalista que reside na Itália. Ele é casado com Paola e tem dois filhos: a menina Irene e o jovem Andrea. Sua vida transcorre tranquila, dividida entre a família e o consultório, até que uma tragédia a transforma completamente. Numa manhã de domingo, Giovanni recebe uma ligação urgente de um paciente, e deixa de ir correr com seu filho, como havia prometido. Andrea, então, vai mergulhar com os amigos. E não voltará. O filme aborda com profundidade como a morte de um filho pode abalar a estrutura familiar e, também, como nós lidamos com as angústias diante de um evento traumático.


Filme: “Reine sobre mim” (Reign over me – Mike Binder)

No terrível atentado terrorista de 11 de setembro de 2001, Charlie Fineman perdeu tudo que lhe era mais caro: esposa, filhas, cachorro. Desde então Charlie largou sua carreira de dentista, se tornou um recluso, paranoico, depressivo e compulsivo por reforma. Charlie se nega a entrar em contato com as lembranças do seu passado e as emoções que as permeiam. Até que um dia Charlie reencontra seu colega de quarto dos tempos da faculdade Alan e sua vida começa a mudar de rumo. Esse filme é excelente para explorar o conceito dos 5 estágios do luto pelos quais boa parte das pessoas passa ao lidar com a morte.


www.perdaseluto.com

Fonte: Parque da Colina de Águas Mornas

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros