Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Túmulos de famosos recebem 'biografia tecnológica' no Cemitério da Consolação

Parceria com start-up leva à instalação de QR Codes e etiquetas NFC em lápides de personalidades paulistanas


"Meu sonho é que este museu a céu aberto passe a ser visto realmente desta forma. É um lugar que guarda boa parte da história de São Paulo". Mais conhecido como Popó, Francivaldo Gomes, 47 anos, se orgulha do local que administra, o Cemitério da Consolação, na região central de São Paulo. Mais do que isso, tem gosto de ver como neste início de ano obteve conquistas importantes, como o aumento da segurança na área e a instalação de novidades que fortalecem a necrópole como ponto turístico da capital paulista.

É o que propõe uma parceria entre a start-up Memoriall e o Serviço Funeral do município. Desde o início do ano, tags de aço de QR Codes (código de barras que, escaneado por um aparelho celular, leva o usuário a um endereço de internet específico) têm sido instaladas em túmulos de importantes nomes como o ator Paulo Goulart, o jornalista Cásper Líbero e o estadista José Bonifácio de Andrada e Silva, conhecido como o patriarca da República brasileira. O objetivo é reforçar a experiência de visitação oferecida pelo também guia turístico Popó, que duas vezes por semana oferece passeios gratuitos pelo local.

Leia também:
Ladrões de tumba trocam de alvo após aumento de segurança em cemitério em SP

"Quando o Popó faz a visitação, ele consegue passar por no máximo uns dez túmulos. Mas o número de personalidades com as quais o público pode ter contato no Consolação é mais de dez vezes maior. Com as tags, o visitante tem a oportunidade de adquirir conhecimento sobre todas elas", explica Ricardo Marques, co-fundador da Memoriall, pequena empresa responsável pela doação dos códigos ao cemitério. "A ideia é trazer as pessoas ao Consolação. Colocamos localização nas ruas, fizemos um mapa, fotografamos os túmulos. Se o visitante vai lá hoje ele se guia sozinho."

Fonte: Último Segundo

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros