Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Animais exóticos são resgatados após limpeza de lagos, em Belém/PA

Cerca de 400 animais foram resgatados dos lagos Bolonha e Água Preta, no Parque do Utinga, em Belém, após uma limpeza realizada pela Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa). Depois de resgatados, as serpentes, os lagartos e anfíbios foram soltos pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) em uma área verde preservada dentro do parque, próximo ao lago Bolonha.


A limpeza dos dois mananciais durou oito meses e encerrou na última quinta-feira (31). Foram retirados 371 mil m² de vegetação aquática do lago Bolonha e 1,2 mil m² do lago Água Preta. Os lagos abastecem cerca de 70% da Região Metropolitana de Belém.

De acordo com o gerente de produção de água da Estação do Bolonha, Edvaldo Silva, a vegetação macrófita se desenvolve diariamente em uma média de 20%, por causa da grande quantidade de material orgânico que é lançado nos lagos.

“Quando os mananciais estão ocupados pelas plantas há redução no nível de oxigênio o que prejudica a vida no lago, e pode até tornar a água imprópria para o consumo humano, apesar do uso de produtos químicos no tratamento”, explica Silva.

Segundo a Cosanpa, os mananciais estão totalmente limpos, o que melhora a qualidade da água e elimina o risco de mortandade para os peixes. A captação de água também deve melhorar com a ausência das plantas.

Proteção – Um projeto de implantação de um sistema integrado de saneamento da bacia do parque do Utinga deverá auxiliar na proteção dos lagos. Será criada uma barreira de proteção para os mananciais com a construção de uma rede coletora de esgoto, estações elevatórias de esgoto, interceptores e uma estação de tratamento de esgoto. 

Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros