Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Nuremberg - Cidade da história

Passeios pelo cemitério

Uma particularidade da história da cidade de Nuremberg são os cemitérios Johannisfriedhof e Rochusfriedhof.
Ambos se encontram numa localização idílica, nos arredores do centro histórico, e têm importância para a histórico-artística. Como na morte todos são iguais, o Conselho determinou, no século XVI, o tamanho e a forma que teriam as pedras de arenito que cobrem todos os túmulos. Somente as placas mortuárias de bronze indicavam a classe social das famílias aristocráticas e cidadãos ricos e bem situados.

Quem hoje anda pela paisagem silenciosa que envolve os cemitérios Johannisfriedhof e Rochusfriehof, à procura de tesouros da história da arte, não imagina que seu passado está intimamente ligado à peste. Com medo de que a doença pudesse se levantar novamente dos túmulos dos mortos, o Conselho da Cida Imperial Livre de Nuremberg ordenou, no ano de 1518, que os cidadãos de Sebalder Altstadt fossem sepultados no cemitério Johannisfriedhof, fora dos muros da cidade, e que fosse criado um novo cemitério para os cidadãos de Lorenzer Altstadt, o Rochusfriedhof.

Da cidade até o cemitério Johannisfriedhof, o itinerário é marcado por sete estações da Via Sacra, criadas por Adam Kraft de 1506 a 1508. Por isso, o caminho é chamado de "Nürnberger Kreuzweg" (a Via Sacra de Nuremberg). Hoje, há somente cópias dessas obras colocadas ao longo do caminho da cruz. As estações originais encontram-se no Museu Nacional Germânico em Nuremberg, o grupo da crucificação no hospital Heilig-Geist-Spital e o sepultamento na capela Holzschuherkapelle, no cemitério. Os túmulos de cidadãos famosos de Nuremberg podem ser visitados durante um passeio pelo cemitérios: Albrecht Dürer, Veit Stoß e Hans Sachs descansam no Johannisfriedhof, o escultor Peter Fischer, o Velho, e o compositor Johann Pachelbel (cujo canon é mundialmente famoso), estão sepultados no Rochusfriedhof.

Fonte: Germany Travel

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros