Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Vereador reclama de situação de quase abandono do cemitério da Colina em Paracatu

Secretaria do Meio Ambiente afirma que a limpeza do cemitério começa hoje.

O Vereador Hernesto Silva do (SD), durante uso da tribuna na reunião da Câmara Municipal nesta segunda-feira (13) apresentou uma denuncia de situação de quase abandono do cemitério da Colina, no bairro Nossa Senhora de Fátima em Paracatu.

O vereador apresentou várias fotos de covas abertas com acumulo de água, outras danificadas e muito mato, além da ação de vândalos e usuários de drogas dentro do cemitério. Hernesto  relatou que já acompanhou alguns enterros e que a reclamação pelas condições do cemitério são frequentes.

O parlamentar ainda cobrou uma solução rápida por parte do secretário de meio ambiente e secretário de obras para que o problema seja resolvido.

O presidente da casa Ragos Oliveira (PT) pediu uma parte na tribuna de Hernesto e ressaltou que o problema já é antigo, e deixou uma parcela de culpa para governo anterior.  Ragos disse que no governo anterior, houve a plantação de gramas ás margens da BR 040 e no perímetro urbano, mas que o cemitério não foi lembrado.  

Ragos ainda frisou  que é triste a realidade do cemitério da Colina, “porque a sensação das famílias é que irão depositar seus parentes num depósito de lixo, num chiqueiro de tão sujo e precário,” -  Disse Ragos. “As pessoas merecem dignidade e respeito,” finalizou.

A secretaria de Meio Ambiente se manifestou por meio da seguinte nota á Imprensa.

A Secretaria de Meio Ambiente informa que a limpeza do Cemitério da Colina já estava agendada para se iniciar nesta quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017. Há 15 dias os funcionários da Secretaria de Meio Ambiente estiveram no local fazendo a verificação e constataram a regularidade da limpeza, agendando assim para esta semana uma nova limpeza.

Com o período de chuvas, o tempo foi suficiente para que o mato, comum ao local, que tem poucas áreas de concreto e muita terra exposta à chuva, tivesse um crescimento além do normal.  

A administração está levantando ainda as reformas e melhorias necessárias nos cemitérios municipais, como a reposição de grama, a construção de passeios e demais obras.

Assim como no Cemitério da Colina, a demanda por limpeza aumenta em toda a cidade com as chuvas frequentes do início de ano em praças, rotatórias, parque ecológico, canteiros centrais, ruas, cemitérios, órgãos da administração e demais espaços urbanos.

Por isso, a Secretaria de Meio Ambiente tem agendado as limpezas com antecedência e feito um esforço a mais durante os meses de janeiro e fevereiro para atender a todas as crescentes demandas de limpeza da cidade. Estão agendadas ainda, as limpezas dos demais cemitérios da cidade na sequência.


Fonte: Paracatu News

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros