Colaboradores

Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Conselho de Segurança debate exploração de recursos naturais e conflitos

O Conselho de Segurança discutiu nesta quarta-feira a relação entre a exploração de recursos naturais e a prevenção de conflitos.
Na reunião, o vice-Secretário-Geral da ONU ressaltou que “em muitos países, a abundância de recursos como madeira, petróleo, carvão, diamantes e metais preciosos” não resulta em ganhos para a população.

Responsabilidade

Jan Eliasson lembrou que comunidades e indivíduos “pagam os custos terríveis da corrupção, dos abusos de direitos humanos e dos danos ambientais”. O vice-chefe da ONU destacou que os governos têm a responsabilidade primária de prevenir conflitos e administrar recursos naturais.

No encontro, o embaixador do Brasil nas Nações Unidas reforçou o apoio do país a ações e estratégias que garantam que os recursos naturais em nações afetadas por conflitos sejam uma ferramenta de justiça social, estabilidade e paz.

África

Luiz Alberto Figueiredo defendeu que a comunidade internacional, incluindo o Conselho de Segurança, faça mais para ajudar esses países. E que governos tenham políticas que garantam que a “indústria extrativista promova o desenvolvimento e não a guerra”.

O ex-Secretário-Geral da ONU, Kofi Annan, também esteve no Conselho de Segurança e disse que os conflitos relacionados aos recursos naturais impedem muitos países africanos de desenvolver todo o seu potencial.

Segundo ele, a África está sendo beneficiada pela alta demanda de recursos naturais da China e outros mercados emergentes, mas alertou aos governos que garantam que esses lucros sejam investidos em desenvolvimento e não levem tensão à região.

Annan destacou que as estratégias nacionais devem definir como o setor extrativista pode ajudar no combate à pobreza, crescimento inclusivo e transformação social.

Fonte: Mercado Ético

0 comentários:

Postar um comentário

Eco & Ação

Postagens populares

Parceiros